Polícia

Homem é morto a facadas pelo enteado no Parque das Américas

Ainda segundo testemunhas o jovem foi agredido pelo padrasto por várias vezes na presença de testemunhas

14/07/2020 05h00
Por: Juliano Carlos
Crime foi registrado nessa casa após discussão familiar: Faca usada em tentativa de homicídio foi apreendida - Fotos: Juliano Carlos
Crime foi registrado nessa casa após discussão familiar: Faca usada em tentativa de homicídio foi apreendida - Fotos: Juliano Carlos

Uma briga familiar terminou com um homem morto após ser esfaqueado pelo enteado dentro de residência em Uberaba. O crime aconteceu na rua José Pereira dos Reis, no Parque das Américas, onde segundo informações de testemunhas, a vítima e o suspeito estavam no local e houve uma discussão entre os dois. Eles começaram a se agredirem e o jovem pegou uma faca e desferiu dois golpes contra John Leno Bezerra Assis que foi atingido no peito e tórax. 

Ainda segundo testemunhas o jovem foi agredido pelo padrasto por várias vezes na presença de testemunhas. Após o crime o jovem fugiu correndo a pé sentido a BR-050. 

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi ao local socorreu a vítima John até o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), mas minutos após dar entrada ele não resistiu aos ferimentos e morreu. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) em Uberaba onde passou por necropsia e posteriormente foi liberado para família.

Viaturas da Polícia Militar realizaram rastreamentos, mas o acusado do homicídio não foi encontrado. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil.

Tentativa de homicídio- Em outro caso um homem foi esfaqueado por mais de 13 vezes por uma mulher e continua internado em estado gravíssimo. 

A tentativa de homicídio aconteceu na rua Álvaro Lopes Cançado, no bairro Leblon, onde segundo testemunhas quatro pessoas estavam em via pública e um homem segurou a vítima J.S.S., de 43 anos e uma mulher lhe desferiu vários golpes enquanto a outra mulher observava as agressões. Após o crime a testemunha e o homem fugiram em um veículo Hunday HB20 de cor branca. 

Uma ambulância de Unidade de Suporte Avançado (USA) do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi ao local e socorreu a vítima que estava com 13 perfurações e foi levada em estado gravíssimo para o Hospital de Clínicas da UFTM. 

Policiais militares da 40ª Companhia foram ao local e prenderam a acusada D.C.M., de 26 anos, que confessou o crime. Ela foi levada até delegacia de Polícia Civil, onde teve a prisão confirmada pelo delegado de plantão. Posteriormente D., foi encaminhada para o presídio e permanece a disposição da Justiça. 

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários