Eventos

Coluna social

Olésia Borges

Olésia Borges

Olésia BorgesEconomista pela FCETM e Professora, com pós graduação em Teoria Econômica pela PUC_MG, trabalhou na extinta MinasCaixa, passando pela área gerencial na agência e na Regional da autarquia. Colunista do Jornal de Uberaba há quase 25 anos

28/07/2020 05h00
Por: Redação
Dulce Helena Guaritá Bento, com a filha Nanda e a neta Mariana, três gerações em clima de clima de dupla comemoração no último domingo, o Dia da Vovó e o aniversário da Nanda Guaritá
Dulce Helena Guaritá Bento, com a filha Nanda e a neta Mariana, três gerações em clima de clima de dupla comemoração no último domingo, o Dia da Vovó e o aniversário da Nanda Guaritá

Família e sociedade...

 

... A família base e um dos pilares da sociedade estruturada é uma das principais preocupações do Estado. O desenvolvimento do ambiente familiar saudável e harmônico baseado na Educação representa um dos Direitos garantidos pela Constituição Federal. Só um relacionamento saudável entre pais, filhos, demais membros da família e da sociedade, é capaz de criar o ambiente ideal, saudável e harmônico para reduzir a violência doméstica, contra a mulher, contra a criança, contra os idosos e demais membros da sociedade. A nossa Constituição Federal de 1988, em seu artigo 3º inciso I, destaca que, o objetivo fundamental da República Federativa do Brasil é a construção de uma sociedade livre, justa e solidária. Para que esse objetivo seja alcançado, é necessário garantir uma estrutura familiar solida, o alicerce de uma sociedade. 

 

... A família, de formação religiosa judaico cristã, tem sido constantemente ameaçada, inclusive através da educação formal, introduzidas nos vários níveis do ensino escolar do pais. As teorias totalitárias, marxistas leninistas, comprovadamente falidas buscam, a todo custo, se reinventar tentando desestruturar a base familiar. Travestidas de conceitos e modelos chamados “progressistas”, tais teorias utópicas, embora não sejam o anseio da maior parte das sociedades modernas, constituem uma ameaça à base da estrutura familiar. O fundamento da proteção familiar resguardado pela Estado e pela nossa Constituição baseia-se no princípio da dignidade humana, de tal forma que essa proteção incentive a promoção da dignidade entre os integrantes da família.

 

Falando na família...

... A comemoração do “Dia dos Avós”, no domingo, 26 de julho, data que a igreja também homenageia São Joaquim e Santa Ana, pais da Virgem Maria, (mãe de Jesus Cristo) é um exemplo de valorização da família. Uma reflexão baseada nos exemplos da Família Sagrada, pautados no amor, respeito e cuidados com os idosos, nunca foi tão importante como agora, tendo em vista a preservação da vida dos idosos, nestes tempos de pandemia e distanciamento social.    

 

No Shopping Uberaba...

... A primeira edição do Mix Mania On-line do Shopping Uberaba foi um sucesso. O evento transmitido no domingo pelo canal do Shopping Uberaba no Youtube, contou com a apresentação do “multitalentoso” Alexandre Assumpção e da jornalista Erika Borges. Os lojistas apresentaram ao vivo os seus produtos com descontos arrasadores e os clientes puderam comprar tudo sem sair de casa. A live ainda contou com a participação da banda Projeto ao Cubo que, mais uma vez, arrasou com seu talento e variado repertório, animando o domingo em família. E no próximo domingo, dia 2 de agosto tem mais Mix Mania On-line pelo canal do Shopping Uberaba no YouTube e na página no Facebook.  Em tempos de reinvenção e ótimas novidades o Shopping Uberaba é mesmo campeão.

 

Empatia e tecnologia...  

 

... O cenário atual, revela-se ainda mais desafiador, para a gestão de pessoas. De um lado, as empresas precisam reduzir custos e potencializar a produtividade para se manterem competitivas em um cenário de crise. Por outro lado, as pessoas estão cada vez mais sensíveis e emotivas por conta da sensação de risco de perder o emprego e/ou de ver sua saúde e de seus familiares abalada pela pandemia. Essa situação torna latente e um componente essencial nas relações entre a empresa e seus colaboradores, baseada na empatia. Como criar empatia sem a convivência presencial, que gera encontros casuais e conversas "olho no olho"? Promover empatia em ambientes controlados e intermediados pela tecnologia é algo mais difícil e complicado. A distância pode diminuir a capacidade de "colocar-se no lugar" e imaginar o que o outro sentiria. Essa possibilidade pode tornar as pessoas mais hostis e menos tolerantes com os colegas de trabalho.

 

Espírito coletivo...

... Para Elza veloso, doutora em Administração e docente dos cursos de Pós-Graduação em Negócios, Estratégia e Gestão da Universidade Presbiteriana Mackenzie: “Antes natural para muitos, a empatia em ambientes permeados pela comunicação virtual, a partir de agora, dependerá de uma intervenção mais direta da gestão de pessoas. Com o ‘individualismo tecnológico em alta’, corremos o risco de perder a essência empática das relações, mas, com boas intervenções por parte da empresa, podemos também aprender que a empatia não depende da presença física, mas de um espírito coletivo de colaboração”.

  • Coluna social
  • Coluna social
  • Coluna social
  • Coluna social
  • Coluna social
  • Coluna social
  • Coluna social
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários