Coluna

Cultura

Luiz Hozumi

Luiz Hozumi

Luiz HozumiProdutor cultural, publicitário, especialista em gestão e políticas culturais. [email protected]

02/08/2020 05h00
Por: Redação

ENTRANDO AGOSTO SEM ARTE

Às vezes a memória nos ataca quando estamos mais indefesos. Em manhãs de domingos secos em tom pastel por onde a vida se esvazia de sentidos e de sentimentos. Utópicos são todos os pensamentos que me levam até você, mas não te trazem até aqui. Lembranças de um tempo de quase realidades, entre inexistentes instantes de amor e ilusão preenchidos com todos os quereres. Vontades, prazeres e paixões, laços perfeitos de uma imperfeição não planejada.

Aquele nó entre nós, tão apertado que quase acreditamos que nunca fosse se desfazer, afrouxar, talvez romper. Contados no relógio os segundos imprecisos de olhares eternos. Seus indescritíveis olhos encarando os meus, ambos mergulhados no sem fim de certezas incertas. Mal sabíamos que seríamos buracos negros consumindo um ao outro os melhores e mais lentos movimentos dos ponteiros.

O tempo, o contratempo, uma viagem de volta ao futuro de tudo que poderíamos ter sido. Talvez seja esse calor que tenha trago todos os delírios e alucinações. Ou talvez seja mesmo só a saudade que encontrou nestas memórias seu melhor refúgio, porém sempre pronto para nos atacar em domingos inflamados por sua falta. Tomara que o fogo não queime tudo, mesmo que continue ardendo. Ainda bem que logo vai chover. 

 

ARTISTAS DE UBERABA PROMOVEM LEILÃO PARA AJUDA MÚTUA

Artistas que fazem parte do Fórum Permanente de Cultura de Uberaba realizam leilão on-line para ajuda mútua entre os agentes culturais da cidade com maiores necessidades. O leilão funcionará no Instagram do Fórum de Cultura de Uberaba, as obras serão postadas aos sábados com um valor de lance mínimo e os interessados dão seus lances nos comentários. Já há uma obra disponível com lances até segunda-feira às 21h.  A primeira obra é da artista Edna Tofolli, a tela díptico com técnica de colagem “Encontro” tem lance mínimo de R$ 40. 

 

CASA CULTURAL FAZ CAMPANHA PARA MANTER ATIVIDADES 

Laboratório96 casa de cultura que recebe artistas independentes de todo país, principalmente os da música faz campanha para conseguir atravessar o período de pandemia. O espaço que além de bar também promove eventos culturais diversos, fomenta a atividade artista local de todas as linguagens e tem como foco a produção independente e autoral. O Link da campanha é catarse.me/labresiste e nele os interessados em contribuírem podem ajudar assinando pacotes com brindes ou então divulgando para mais pessoas. 

 

Casal de atores de Uberaba está no elenco do longa Pecado Vermelho

O projeto reuniu uma equipe de talentosos profissionais (equipe técnica e atores) de diversos lugares do Brasil, além da internacional Christianne Oliveira – atriz brasileira radicada em Londres.  E as Minas Gerais está bem representada. Além do protagonista, o patense, Pedro Pauleey, o elenco do filme conta com a participação do uberabense Henrique Muller e Aisha Aranda, natural de Araguari. Aisha Aranda é atriz e dançarina. Em sua trajetória fez publicidades e quatro longas-metragens, dentre esses, o filme Cangaceiro do Vale da Morte, de Tião Valadares, gravado em Uberaba em 2008. Dançarina do ventre há 10 anos faz parte do grupo Partner Dance. No Pecado Vermelho interpreta duas personagens: a Pomba Gira Dama da Noite e uma prostituta. O uberabense Henrique Muller é ator e produtor local de teatro. Ele atuou em várias publicidades e montagens teatrais e no cinema, participou de alguns curtas e longas-metragens. No filme Pecado Vermelho vive José Carlos, personagem que contracena com o protagonista João Pedro. Pecado Vermelho é uma trama que leva o espectador a viajar entre passado e presente de João Pedro, e a acompanha-lo, no uso de seu livre arbítrio, tocar a vida ignorando seu futuro outrora revelado por uma misteriosa cigana (Carol Hubner). Com uma narrativa envolta na atmosfera da umbanda aborda temas como homossexualidade; misticismo; preconceito; violência doméstica; sonho americano e amor impossível. A história nos leva a pensar em nossos medos e inseguranças e, acima de tudo, nos ensina sobre respeito ao próximo, às crenças alheias e a própria vida. O filme Pecado Vermelho é uma produção da Faro Rio Produções - do produtor Roma Jr, em parceria com a Fontana Produções. O roteiro é de Mácximo Bóssimo e a direção de Bellamir Freire. Atualmente Pecado Vermelho está em fase de edição. Acompanhe o IG @pecadovermelhoofilme para saber das novidades.

 

AULAS GRATUITAS DE DANÇAS URBANAS 

Projeto Bom de Nota Bom de Dança de Uberaba promove para jovens de 7 a 14 anos aulas gratuitas de danças urbanas. As inscrições são pelo telefone 34 991546340. As aulas serão on-line. 

 

Secult inicia cadastro de pessoa física da Lei Emergencial Aldir Blanc em Minas Gerais

Com o objetivo de levantar informações sobre o cenário cultural de Minas Gerais e dimensionar o potencial de interessados em receber os benefícios da Lei Nacional de Emergência Cultural, conhecida como Lei Aldir Blanc, a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) abriu um cadastro para pessoas físicas. O formulário de cadastro deve ser preenchido por pessoas físicas que queiram receber o benefício das três parcelas de R$ 600,00, conforme critérios previstos no artigo 6° da Lei Aldir Blanc. Mas atenção, o cadastramento não garante o recebimento dos recursos, consistindo na primeira etapa a ser concluída por aqueles que almejam ao auxílio emergencial. A Lei Aldir Blanc (Lei Nº 14.017/2020), publicada no dia 29 de junho, dispõe sobre ações emergenciais destinadas ao setor cultural a serem adotadas durante o estado de calamidade pública reconhecido pelo Decreto Legislativo nº 6, de 20 de março de 2020. O texto ainda aguarda regulamentação. O formulário de cadastro está disponível no site da Secult http://www.cultura.mg.gov.br/

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários