Banner prefeitura Covid
Economia

Com investimento de R$ 120 milhões, empresa vai construir quinze usinas solares em Minas

Icon Energia inicia com a construção de três usinas ainda este mês no Norte do Estado, no Triângulo e no Centro-Oeste de Minas

16/09/2020 15h46
Por: Redação

Os empresários Angelo Bergamini e Marcio Malamud, sócios fundadores da
Icon Energia, iniciarão na próxima semana a construção de  três
fazendas solares para atender o  Triângulo Mineiro, o Centro Oeste e o
Norte de Minas,   na modalidade geração distribuída,  com
inauguração prevista no primeiro trimestre do ano que vem. O projeto
total prevê a criação de cerca de 15 usinas fotovoltaicas até 2022,
com investimentos superiores a R$ 120 milhões e um total de capacidade
instalada de 50 megawatts-pico (MWp).

Três delas já estão em implantação e o investimento inicial é de
R$ 60 milhões e potência de 15 Mwp. Quando finalizadas , as unidades
garantirão o  atendimento para até três mil consumidores em toda a
região.   O foco da empresa é atender condomínios e estabelecimentos
comerciais.

Após a entrega destas obras , a Icon estreia um novo braço da empresa,
a Icon Service que se especializará na construção de usinas
fotovoltaicas com plataforma própria  para vendas atendendo assim um
outro nicho no mercado.

"Sabemos que a energia solar é a grande aposta do futuro e a geração
distribuída só cresce no país, ingressamos numa época em que as
pessoas cada vez mais estarão preocupadas com as questões ambientais e
não se pode falar em empreendedorismo sem pensar na economia dos nossos
recursos naturais. A Icon Energia pretende oferecer o melhor no segmento
e ainda abrir portas para quem quer empreender com segurança através
da Icon Service", explica Marcio Malamud.

E conclui:   "Possuímos um projeto semelhante para Goiás, mas que
será implementado após a conclusão das fazendas solares mineiras.
Optamos por iniciar pelo Estado, por diferenciais como boa incidência
solar, disponibilidade de conexões energéticas, terrenos planos, baixo
custo e a própria maturidade do mercado", ressaltou.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários