Polícia

Jovem é morto em boca de fumo no Lourdes e suspeitos presos

A vítima Diego caminhou pela avenida Padre Eddie Bernardes da Silva, sentou-se em um ponto de ônibus de transporte coletivo ferida

18/09/2020 05h00
Por: Juliano Carlos
Diego foi encontrado morto em via pública: Acusados foram presos minutos após o crime - Fotos: Juliano Carlos
Diego foi encontrado morto em via pública: Acusados foram presos minutos após o crime - Fotos: Juliano Carlos

Um jovem que tinha várias passagens pela polícia foi morto á facadas em Uberaba em uma residência conhecida como ponto de venda de drogas. Dois suspeitos do crime foram capturados pela Polícia Militar durante levantamentos. 

O homicídio foi registrado em uma casa na rua das Oliveiras no bairro Nossa Senhora de Lourdes em uma boca de fumo, onde segundo informações da Polícia Militar, as câmeras de segurança flagram um suspeito saindo do local e na sequência a vítima Diego Henrique de Jesus Camargos de 25 anos. Minutos depois as câmeras ainda flagraram outro suspeito também saindo o imóvel. 

A vítima Diego caminhou pela avenida Padre Eddie Bernardes da Silva, sentou-se em um ponto de ônibus de transporte coletivo ferida e depois caminhou até a lateral de um campo de futebol, onde caiu e ficou caído agonizando até a morte. 

Moradores da região depararam com o cadáver pela manhã e acionaram a Polícia Militar (via 190). Policiais da 40ª Companhia foram ao local, constataram a morte e fizeram o isolamento da área.

O perito criminal Mauro Teixeira Barbosa da perícia técnica da perícia da Polícia Civil também foi no local e durante os trabalhos técnicos foi constatado que Diego foi morto com uma facada no pescoço. Os militares fizeram levantamentos foram até a boca de fumo na rua das Oliveiras e prenderam acusado de 31 anos. Ainda durante diligências os policiais foram até o bairro Buritis e prenderam o segundo suspeito de envolvimento com o crime. 

Segundo o sargento PM Pedro Júnior, a vítima Diego tinha saído da penitenciária de Uberaba há dois dias onde cumpriu pena por violência doméstica contra os pais. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal em Uberaba, onde passou por necropsia e depois foi liberado para família realizar velório e sepultamento. Já os dois suspeitos de homicídio presos foram levados até a delegacia e apresentados a autoridade de Polícia Judiciária para esclarecer os fatos. Outro suspeito de participação no crime não foi preso e continua sendo procurado.  

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários