Cidade

Jornalista Cacá Silveira faleceu no último sábado

De Itatiba/SP o combativo jornalista Cacá veio um dia, fincou pé na terra de Major Eustáquio, aqui se casou

23/09/2020 05h00
Por: Redação
Jornalista Cacá Silveira
Jornalista Cacá Silveira

João Eurípedes Sabino

 

Sábado (19), mais uma vez Uberaba amanheceu sisuda, ou melhor; não esboçou o seu costumeiro ar de alegria. E não era para menos.

Correu a notícia de que o amigo Carlos Alberto da Silveira, o Cacá Silveira, cerrou seus olhos para sempre.

 

De Itatiba/SP o combativo jornalista Cacá veio um dia, fincou pé na terra de Major Eustáquio, aqui se casou, instituiu sua prole e fez algo que poucos conseguem fazer em terra estranha: colecionou amigos aos montes.

 

Os que não entraram no seu rol de amizades é porque fingiam ser amigos de Uberaba e não eram.

 

Cacá Silveira sim, nada pedia para si mesmo, mas para Uberaba chegava a ser veemente e não desistia enquanto não era atendido. O terminal rodoviário da cidade, que antes era um pardieiro, só parou de receber “balaços” de Cacá quando foi inaugurado pelo então prefeito Marcos Montes.

 

Dono de cultura geral invejável, Cacá por onde passava deixava sua marca de professor e no mundo da política era um analista de poucos pares porque enxergava muito, muito, muito além. “Não vai” dizia ele a um candidato. Se o candidato teimasse, o abismo estava à frente. E se disse-se: “Vai!”, a eleição era garantida!

 

Homem de Marketing, Economia, TV, Rádio, Jornal, professor, assessoria, consultoria, Cacá abre uma lacuna impreenchível em Uberaba com sua partida.

 

Não era uberabense, mas valia por muitos. Isso ninguém nega!

 

Certa vez, em 29/11/1998, quando esteve sob a mira de um “canhão”, lhe enviei alguns ensinamentos da Logosofia. Tomou-os como referência, venceu os obstáculos e ficou extremamente grato.

 

Aqui um deles: ”Coloca-te sempre de frente para a vida, porque se não o fazes, estarás dando as costas à realidade”.

 

Obrigado Cacá. Em você me inspirei muitas vezes para defender as causas de Uberaba.

 

E continuarei me inspirando.

 

Nossos pêsames à sua família enlutada em Uberaba e Itatiba/SP.

 

 

 

João Eurípedes Sabino – Presidente da Academia de Letras do Triângulo Mineiro - Uberaba/MG/Brasil

 

1comentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários