Polícia

Mãe e filho são mortos a facadas em via pública no Mirante

O crime bárbaro aconteceu na rua Armando Miranda Cardoso no Parque do Mirante

24/09/2020 05h00
Por: Juliano Carlos
Mulher caiu ao lado da motocicleta: Filho foi morto nesse terreno - Fotos: Juliano Carlos
Mulher caiu ao lado da motocicleta: Filho foi morto nesse terreno - Fotos: Juliano Carlos

Mãe e filho e filho foram mortos a facadas em via pública em Uberaba e os acusados estão sendo procurado pela polícia. 

O crime bárbaro aconteceu na rua Armando Miranda Cardoso no Parque do Mirante, onde policiais militares compareceram após solicitações de moradores que relataram sobre um casal que estaria ferido caído em via pública. As equipes foram ao local e encontraram a vítima Keila Adriana Manzam da Silva, de 45 anos, caída ao lado de uma motocicleta com ferimentos no abdômen e no tórax. Já há alguns metros na calçada foi encontrado o filho dela Rafael Ângelo Manzan Campos, de 28 anos, que também estava com ferimentos pelo corpo.

Os policiais isolaram a área e o perito criminal Apollo Nobre Torres da perícia técnica da Polícia Civil compareceu no local. Ao realizar os trabalhos técnicos foi constatado que a mulher foi morta com facadas no tórax e no abdômen e Rafael foi atingido com facadas na região, cervical na barriga e pescoço onde foram aplicados golpes que causaram laceração no membro. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) em Uberaba, onde passaram por necrópsia e na manhã de ontem foram liberados para familiares realizarem velório e sepultamento.

Os policiais militares fizeram o levantamento e conseguiram imagens das câmeras de segurança. Ao verificarem eles constataram que Rafael seguia na motocicleta e foi parado por dois homens que estavam em duas caminhonetes GM S10 sendo uma de cor preta e a outra de cor prata. Ele foi agredido, perseguido e caiu em um terreno ao lado da quadra de esportes da avenida Doutor Hélio Luis da Costa, onde foi esfaqueado. Nesse momento a mãe dele Keila que que estava em outra motocicleta, ao ver o filho em perigo retornou para tentar salvá-lo, mas também foi morta a facadas.

Após o crime o condutor da caminhonete preta fugiu pela avenida Doutor Hélio Luiz da Costa e o outro envolvido em sentido avenida Claricinda Alves de Rezende sentido ao Parque das Acácias. Os policiais abordaram um homem que apareceu nas imagens e ao ser questionado ele disse que apenas viu o crime, mas não participou. Várias viaturas da Polícia Militar fizeram rastreamentos, mas até o fechamento desta edição os acusados não tinham sido presos e estavam sendo procurados por policiais civis da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) que investigam o caso.

 

2comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários