Eventos

Coluna social

Fabiana Silbor

Fabiana Silbor

Fabiana SilborFabiana Silbor é Professora Universitária, radialista, apresentadora de televisão, jornalista, palestrante, gestora empresarial, articulista e pesquisadora nas áreas de ciências sociais e empresariais. Referência midiática, ela está no Jornal de Uberaba há nove anos, com uma página que promove conteúdo exclusivo, reflexões modernas, complexas e com doses cítricas. Fabiana Silbor foi repórter e apresentadora das Redes Integração, afiliada Globo, e Bandeirantes de Televisão.

27/09/2020 05h00
Por: Redação

Bem-vindo.

Bem-vinda.

Setembro gratidão por tudo.

Vamos receber outubro com bênçãos.

 

Foco

É preciso sentir. Simples assim. O que é diferente disso pode ser arriscado. Aprender a diminuir as expectativas e aumentar as doses de amor próprio é uma boa receita para o fim de ano. Falecemos de morte lenta e certa quando deixamos de progredir. Bem no literal: de quem ingere a dose e põe em foco a atitude.

 

Inovação

Temos disposição de espírito para esperar. Somos bem iludidos nas fábulas do prometer. Contos de infância, que nos conduziram ao entendimento de que o destino proverá. E, até pode ser fato. Todavia, nem sempre a enxurrada do existir traz tudo o que lhe fez sonhar. Muito lixo desce pelas tormentas do seguir. E com essa possibilidade à espreita é bom se empoderar. Tomar para si esse ‘GPS’ da emoção e navegar sabendo onde se quer chegar. Um investimento fruto de um querer que deve ser exercitado.

 

Confiança

Confiança deve ser restaurada e nutrida como condimento intocável da nobre sobrevivência. Podemos comemorar menos equívocos, menos estresse, menos compulsões. Vamos acreditar na persistência. Dizer adeus aos velhos hábitos e brindar o combate à instantaneidade. Merecemos ser lapidados com o primor dos raros para nos tornamos valiosos em essência.

 

Acredite

Mais por você mesmo, sem egoísmo. Se ame e fale boas verdades. Mande na sua mente. Invente jeitinhos, se envie mensagens. Faça seus dias com carinho, encontre caminhos que te levem a se conhecer. Tenha tempo para você. Repita elogios. 

Diminua a saudade de quem você nasceu para ser, descubra motivos, respeite, defenda suas posições, se faça prioridade. Se eleve, construa, enalteça. Transforme palavras em declarações. Se busque, se mova, seja sua forte destinação. A gente só da o que tem. E sendo você pode oferecer, receber, viver, para valer!

 

Sonhar

Oratórias são doses de vontades que acalentam motivos. Tecem possibilidades, acordam intensidades, afastam desigualdades. São doçuras reforçadas de intenções! Às vezes estão recobertas de razões, às vezes de desvios. As palavras significam muito, mas você merece gritar para o seu coração: ação!  

 

Cuidar

Levante a sua voz para quem precisa. Seja esperança. É o seu adiamento, a sua indiferença, a sua insegurança que fortalecem a maldade. Dê a bondade o direito de vencer. Seja escolha.

 

Sentir

Decore sua determinação de vida e sobreviva a tantas carências. Desde quando seus olhos estão fechados para o que de fato interessa. Abra e ilumine seus caminhos deixando rastros de vitória.

 

Acertar

Pergunte a si mesmo qual a direção certa. As outras pessoas têm sugestões, mas só você conhece o mapa do seu coração. Pare de correr do tempo. Acerte o ritmo com a sua mente.

 

Fortaleza

Sobram vagas para os fortes e você precisa sair dessa multidão e assumir seu destino. Siga, apenas. Os aplausos da consciência devem bastar para quem sabe quem é. Só não seja o tipo fraco.

 

Promover

Fique de frente, olhe nos olhos, estenda a mão. Sempre será melhor do que virar as costas. Se importe, encontre um jeito, um dia algo vai separar você de quem você ama, enquanto isso ponha a felicidade em prática. O adeus fica suportável quando se fez o melhor.

 

Recomeçar

Valorize as pessoas que fazem você querer ficar. Elas vão abençoar seus recomeços quando decidir abrir as jaulas do passado e superar. Elas vão amenizar seus tombos. Nas quedas é onde recomeçamos.

 

Vencer

Ensine o outro a rever. Encare as mudanças que farão você assumir o que nasceu para ser. Deixe de lado o que foi possível. Seja o que merece. Os céus sabem que você tentou, mas agora está na hora dos habitantes da terra verem que você conseguiu.

 

Mostrar

Deixe o medo ao seu lado. Ele é uma boa companhia. Mas mostre a ele quem manda. E quando for preciso mostre que do outro lado, também, caminha com você a coragem.  E suba, brilhe como o amanhecer. É o dia da glória chegar.

 

Agradecer

Seja uma lenda.  E lembre-se: ninguém constrói um legado sozinho. Decida pelos que seguirão com você. Muito do que somos devemos a quem esteve conosco, mais ainda, àqueles que permaneceram. Quando partimos é melhor deixar gratidão do que arrependimentos.

 

Lembrar

Faça a diferença. Toque os espíritos e transforme desânimos em energia para o perdão. Há muitas verdades escondidas sob as mentiras. A dor nunca deveria ser opção, mas não estamos imunes. Por isso batize suas lágrimas para lembrar os nomes de quem as causou.

 

Manter

É honesto manter vivo em nós nossos bons sentimentos e serão necessárias algumas guerras para isso. Assim podemos pedir para que a fé nos conduza e o amor nos eleve aonde pertencemos. O barco suporta o mar agitado porque o capitão sabe que existe um porto seguro à espera.

 

Evoluir

Sonhos guardados esperam tanto acontecer. Aproveite suas chances. Alguém vai ocupar esse lugar e porque será, que é melhor você estar “lá”? Ser dono do destino é um preço alto a se pagar, mas basta você pensar: ficar onde está, vai custar mais barato?  

 

Nenhum lugar

Nunca vale a pena morrer. E por quem você vai lutar até a sua hora chegar? Se há vencedores na guerra são aqueles que vencem a si mesmo e fazem das próprias fraquezas um motivo a mais para vencer. Muito irão chegar. Outros irão partir. Mas você estará com você mesmo para sempre. Para onde você pode fugir de sim mesmo?

 

Fabiana Silbor é Professora Universitária, palestrante, especialista em ciências sociais e empresariais. 

 

 

  • Coluna social
  • Coluna social
  • Coluna social
  • Coluna social
  • Coluna social
  • Coluna social
  • Coluna social
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários