Cidade

Arquidiocese de Uberaba celebra centenário de Dom Benedito

Para celebrar os 100 anos de seu nascimento, a Arquidiocese de Uberaba está preparando o jubileu de seu centenário

18/10/2020 05h00
Por: Redação
Dom Benedito de Ulhôa Vieira - Foto: Divulgação
Dom Benedito de Ulhôa Vieira - Foto: Divulgação

Dom Benedicto de Ulhôa Vieira nasceu em Mococa/SP, no dia 9 de outubro de 1920, e faleceu em Uberaba, no dia 3 de agosto de 2014. Seu nome, Benedicto, significa “abençoado por Deus” e é dessa forma que nos lembramos do 5º bispo e 2º Arcebispo de Uberaba, marcado por uma firme liderança em realizações necessárias e zelo pastoral.

Para celebrar os 100 anos de seu nascimento, a Arquidiocese de Uberaba está preparando o jubileu de seu centenário, que teve início ontem, com o encerramento no dia 9/10/2021, data do aniversário natalício de Dom Benedicto. A abertura foi na Catedral Metropolitana, com a Santa Missa. A Celebração foi restrita na quantidade de pessoas (50% da capacidade total), e com distanciamento de no mínimo 1 metro, para garantir a segurança de todos. A missa teve a transmissão ao vivo pelas redes sociais da Arquidiocese de Uberaba, Rádio Metropolitana e Catedral Metropolitana.

Durante o jubileu, ocorrerá a peregrinação dos sinais de seu ministério episcopal, seu báculo, sua mitra e exemplares do PAPIU, resultado de seu serviço na Igreja Particular de Uberaba. Por onde esses sinais passarem, haverá uma proposta litúrgica de celebração em sua memória.

O Centro Pastoral (Cúria Metropolitana) receberá um busto em sua homenagem, previsto para ser instalado na Missa da Unidade de 2021. Também será composto um hino para o centenário, a produção de um selo comemorativo e, sem deixar a internet de lado, teremos site e redes sociais dedicados ao Centenário. Nesses espaços, padres e leigos serão convidados a dar testemunho sobre a vivência que tiveram com nosso Arcebispo, relatando seu serviço, sua fé e momentos que viveram junto dele.

Amanda Oliveira, graduada em História, será responsável pela Mostra Historiográfica que acontecerá durante este ano jubilar, com fotos exclusivas da vida de Dom Benedicto. Queremos contar em doze capítulos toda sua trajetória. E, com a graça de Deus, também teremos o lançamento de sua biografia, escrita por Vera Cruz Garcia.

A identidade visual que acompanhará todas as ações do Centenário já foi definida. Produzida pela Trinum Comunicação, a imagem principal da marca é a reprodução vetorizada da emblemática foto de Dom Benedito no presbitério da Capela de Nossa Senhora da Medalha Milagrosa, onde ele atuou como reitor por muitos anos. A imagem busca rememorar a figura contemplativa e orante do Arcebispo. O reclino junto ao Báculo Pastoral, com a croça voltada para fora, representa o seu pastoreio.

A cruz, além de estar presente nas assinaturas episcopais, representa o contexto do logo, a terceira insígnia episcopal, a Cruz Peitoral, que simboliza o mistério pascal da morte, ressurreição e vinda gloriosa de Cristo, mistério ao serviço do qual está o bispo. As cores aplicadas retratam o azul utilizado no brasão da Arquidiocese, representando os rios de Uberaba e o violáceo, o episcopado na hierarquia da Igreja.

E para finalizar, a tipografia utilizada – no modelo cursivo - busca reproduzir a letra do arcebispo. A frase, tirada do livro dos Salmos, é uma referência à Mitra usada em sua ordenação episcopal, com o inscrito Benedictus, do latim, abençoado.

Que possamos, ao longo deste centenário, homenagear Dom Benedito do jeito que ele merece, representando o seu serviço incansável à Igreja. Pela sua dedicação, amor, e por toda a sua trajetória que foi tão importante para a nossa Arquidiocese.

“Bendito o que vem, em nome do Senhor!” (Sl 118, 26)

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários