Esporte

Sem chances, Jô vive longo jejum no Timão

Duas das finalizações foram contra o Sport, na derrota por 1 a 0 na Ilha do Retiro

18/10/2020 05h00
Por: Redação
Jô em treino do Corinthians: finalizações estão mais raras - Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians
Jô em treino do Corinthians: finalizações estão mais raras - Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians

O atacante Jô, do Corinthians, vive jejum de oito partidas sem balançar as redes. Seu último gol aconteceu no empate por 2 a 2 com o Botafogo, em 5 de setembro, em jogo válido pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro.

São, ao todo, 540 minutos jogados sem marcar – desconsiderando acréscimos. O camisa 77, porém, não tem sido um atacante de pontaria ruim. Ele tem participado pouco: finalizou apenas três vezes em oito jogos.

Duas das finalizações foram contra o Sport, na derrota por 1 a 0 na Ilha do Retiro. Foram dois cruzamentos de Lucas Piton e duas cabeçadas para fora. Depois, voltou a finalizar no 0 a 0 contra o Atlético-GO em mais um cruzamento de Piton, quando seu chute parou em boa defesa do goleiro Jean.

Mas foi só. O atacante já não finaliza contra a meta adversária há quatro partidas, zerando no fundamento contra Bragantino, Santos, Ceará e Athletico-PR. Curiosamente, segue como o artilheiro do Timão na competição, com três gols marcados.

Substituído com dores na panturrilha na vitória por 1 a 0 contra o Athletico-PR, na última quarta-feira, o jogador ainda é dúvida para o duelo contra o Flamengo, hoje, às 16h, no Itaquerão. Caso não possa atuar, o técnico Vagner Mancini deve promover a entrada do argentino Mauro Boselli.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários