Terça, 17 de Maio de 2022
13°

Muitas nuvens

Uberaba - MG

Geral Coluna

Mulherio

Juba Maria

08/11/2020 às 05h00
Por: Redação
Compartilhe:

Uma palavra bem amestrada

 

Se tem palavra que não engulo é a tal doméstica. Vale para “violência doméstica”, “empregada doméstica” ou mesmo “animal doméstico”. 

Mas como opinião e bunda todos têm, convém explicar beem o por quê da implicância

A culpa dessa pulga na orelha foi o Fabiano quem pôs:  homem bonito e muitíssimo culto, professor de Direito no Rio.

Aconteceu anos atrás.

Eu estava grávida. Oito meses pesando nas costas. Assistia à aula com sorvete na boca. 

Depois de uma semana dura de trabalho, ônibus lotado sem ninguém me ceder lugar, as aulas pareciam eternas. Cada minuto valia.

"Mas o que significa dominus?" perguntei na aula sobre Roma Antiga.

"Eram os chefes das famílias patrícias, que moravam nas domus e tinham autorização para dominar seus filhos, esposa e escravos. Todos estavam sub manu (sob sua mão)" explicou.

Não precisa falar muito, né? Domus não era uma casa qualquer. Não era a casa do plebeu. Domus era o lugar máximo de domínio. De dominação. Dominus era “o senhor”. No direito romano a mulher era considerada “relativamente incapaz”. E o pater familias (ou dominus), ao contrário, tinha poder da vida e da morte. Era a única pessoa jurídica plena. In capite alicujus dominari: aquele que estipula como se deve viver. Daí vem o termo “doméstico”. A ideia de que o ocorrido em casa fica na casa, também.

Ocorre que palavra alguma é uma entidade isolada. Nenhuma nasce inocente nem sobrevive separada.

Tanto é que palavras ferem. Às vezes escancaradamente. Geralmente em disfarce.

Vejamos no caso da “violência doméstica”. Primeiro, deveria chamar violência machista ou baseada em relações de afeto, já que não acontece somente no ambiente “doméstico”. Agressores agem na rua, no carro, no elevador, no trabalho também. Nem acontece somente entre parentes ou pessoas que moram juntas. Tantas vezes é praticada pelo tio ou neto em visita, namorado ou por um crush.

Ou as pessoas fingem que acontece só dentro de casa ou acham melhor deixar entre paredes, uma violência bem amestrada. Vai saber.

Já “empregada doméstica”, preciso dizer? Parece empregada de estimação. Além do mais, “doméstica” tem a ver com a natureza do serviço? Basta comparar. Quem levanta um muro na casa ou faz reparos elétricos é o pedreiro e o eletricista. Nunca empregado doméstico, embora o serviço também seja feito na casa. Por isso, prefiro chamar faxineira, secretária ou profissional de limpeza.

Tem também muito patrão e patroa dominus. Esses tratam empregada como se nem gente fosse: não pagam hora extra, não assinam carteira, não deixam comer junto nem usar o mesmo banheiro. Fora o tal quartinho de empregada. Apertado e segregado da casa, mais parece herança da escravidão. Um horror.

Quanto a “animal doméstico”,  logo imagino um cachorro preso pela corrente, levando chute do dono sem nunca experimentar a graça da liberdade. Tratam o animal feito objeto. O “meu” gato é lindo. O “meu” cachorro é de raça. 

Ou será doméstico o pássaro que toda tarde entra na cozinha para bicar migalha de pão e sai voando feliz feliz?

Porém, como opinião nada vale, só me resta torcer para “doméstica” sobreviver pouco e para que os novos tempos tragam junto novas e melhores verdades.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Juba Maria
Juba Maria
Sobre Jornalista formada pela UFRJ, mãe e poeta, trabalha como Assessora de Comunicação da Infraero. É uma das coordenadoras do projeto AMAi e dá palestras sobre Comunicação Não-Violenta.
Uberaba - MG Atualizado às 08h42 - Fonte: ClimaTempo
13°
Muitas nuvens

Mín. 11° Máx. 23°

Qua 19°C 5°C
Qui 20°C 3°C
Sex 21°C 4°C
Sáb 24°C 7°C
Dom 23°C 10°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias