Coluna

Vinhos & tal

Carlos Alberto Pereira

Carlos Alberto Pereira

Carlos Alberto PereiraEnófilo, Jornalista, Tecnólogo em Turismo e Hotelaria. Contato: [email protected] / 98412-6446

08/11/2020 05h00
Por: Redação

O VINHO EM 2020

Este ano de 2020, com certeza tem sido um ano de muitas surpresas, angústia e superação. Além da tragédia humana, com a perda de milhares de pessoas no Brasil e milhões mundo afora, com o advento do Covid-19, vivemos uma grave crise econômica e inúmeras incertezas quanto ao nosso futuro. Poucos segmentos da economia reagiram bem a esta realidade e uns até tiveram um bom êxito com tudo isso. Aqui no Brasil, por exemplo, no setor vitivinícola, as notícias são as melhores possíveis, já que o consumo de vinhos teve um crescimento excepcional, o que pegou à todos de surpresa. A indústria do vinho e toda sua cadeia, com certeza, só tem motivos para comemorações! Mas e  no resto do mundo, como se comportou a produção de vinhos nesta crise?  Hoje vou publicar um resumo elaborado pela OIV- Organização Mundial da Vinha e do Vinho, cuja presidente é a brasileira  Regina Vanderlinde, que através de seu diretor geral Pau Roca. detalha como se comportou o setor neste ano. Uma boa leitura!

Produção mundial de vinho em 2010, semelhante à de 2019

Com base em informações recolhidas em 30 países, que representam 84% da produção mundial em 2019, estima-se que a produção mundial de vinho em 2020 (excluindo sumos e mostos) fechará  o ano  entre 253,9 e 262,2 milhões de hl, com um ponto médio na faixa de 258 milhões de hl .

A produção de 2020 parece ser semelhante ao ano anterior: + 1% em relação a 2019 . Após a produção excepcionalmente elevada de 2018, as primeiras previsões para 2020 mostram, pelo segundo ano consecutivo, um volume de produção que pode ser definido como abaixo da média . Isto não deve ser necessariamente considerado uma má notícia para o setor vitivinícola, dado o contexto atual em que as tensões geopolíticas, as alterações climáticas e a pandemia COVID-19 geram um elevado grau de volatilidade e incerteza no mercado mundial do vinho.

Produção mundial de vinho por região

União Europeia

Na União Européia (UE), as boas condições climáticas favoreceram uma safra potencialmente grande em 2020 ; No entanto, isso foi limitado por diferentes medidas, tanto a nível governamental como das associações de produtores, a fim de mitigar os impactos negativos (diretos e indiretos) da pandemia covid-19 no mercado mundial do vinho. O volume de produção este ano está estimado em 159,0 milhões de hl (excluindo sucos e mostos), cerca de 5% a mais que em 2019. Esse volume mostra um aumento anual de 7 milhões de hl em relação a 2019 .As estimativas gerais preliminares para a produção de vinho em 2020 nos países da UE indicam uma situação muito mais mista em comparação com os anos anteriores.Um exemplo dessa situação é ilustrado nos três principais países produtores, nos quais, em relação a 2019, há uma queda de 1% na Itália (47,2 milhões de hl) , um ligeiro aumento de 4% na França (43 , 9 milhões de hl) e um grande aumento de mais de 11% na Espanha (37,5 milhões de hl) .

No entanto, deve-se ter em conta que nos três países, que juntos representam 49% da produção mundial de vinho e 81% da produção de vinho da UE, os níveis preliminares para 2020 mostram que são mais jovens ou simplesmente abaixo de suas médias nos últimos cinco anos . Este é o resultado de uma combinação de condições climáticas gerais favoráveis durante a primavera e o verão e a aplicação de medidas regulatórias .

Também há um crescimento positivo em comparação com 2019 em outros países da UE que são grandes produtores de vinho, como Alemanha (8,9 milhões de hl , + 8% / 2019), Hungria (2,9 milhões de hl , + 22% / 2019) e Áustria (2,7 milhões de hl , + 10% / 2019). Esses países apresentam níveis de produção semelhantes ou até superiores às médias dos últimos cinco anos.

Portugal , com 6,5 milhões de hl em 2020, tem uma produção semelhante à de 2019 e à sua média dos últimos cinco anos, enquanto países como a Roménia (3,6 milhões de hl) e Grécia (2 milhões de hl) apresentam uma variação negativo em relação a 2019 (−7% e −2%, respectivamente) e suas médias dos últimos cinco anos (−12% e −17%, respectivamente).

Outros países do hemisfério norte

No hemisfério norte , fora da UE , a produção de vinho em 2020 é alta em países como a Rússia (4,7 milhões de hl , + 2% / 2019) e a Ucrânia (1,0 milhão de hl. , + 1% / 2019 ), enquanto a Geórgia e a Moldávia (que estão passando por uma seca) registraram uma contração na produção , com 1,7 milhões de hl (-3% / 2019) e 1,2 milhões de hl (-18% / 2019), respectivamente .

O volume de produção de vinho na Suíça em 2020 ( 0,9 milhões de hl ) deverá ser não apenas menor do que no ano passado (-10% / 2019), mas também 8% menor do que a média observada no período de nos últimos cinco anos .

Estados Unidos

Nos EUA , a estimativa preliminar para a produção de vinho é de 24,7 milhões de hl (+ 1% / 2019). Este número é baseado na previsão do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) para a safra. No entanto, este número pode ser revisado significativamente nos próximos meses, quando mais informações sobre os efeitos reais dos incêndios florestais em Napa e Sonoma estiverem disponíveis, já que as complicações do fogo e poluentes derivados da fumaça podem prevenir alguns as uvas são vinificadas . Da mesma forma, o problema do excesso de oferta que caracterizou os últimos cinco anos também pode desempenhar um papel importante nas decisões sobre a produção de vinho.

China

Nesta época do ano não há dados disponíveis sobre a safra na China . No entanto, é provável que a produção de vinho continue a contração iniciada em 2016 pelos motivos estruturais descritos no relatório da OIV sobre a conjuntura do setor vitivinícola , publicado em abril de 2020 .

Hemisfério sul

No hemisfério sul, onde a vindima terminou no primeiro trimestre de 2020, os dados preliminares para a produção de vinho tendem a ser mais precisos e fiáveis nesta altura do ano. Em relação aos volumes, observou-se uma queda acentuada da produção de vinho nos principais países produtores, com algumas exceções. Vale ressaltar que a pandemia de COVID-19 se espalhou durante a safra , embora aparentemente essa dificuldade não tenha tido grande impacto nos volumes de produção . No entanto, devido às condições climáticas desfavoráveis, estima-se que a produção para 2020 será de 49 milhões de hl, o que representa -8% em relação a 2019. A América do Sul é a região do hemisfério sul que registra a maior queda em relação ao nível de produção de 2019 .

Argentina

Na Argentina , a produção de vinho em 2020 foi reduzida significativamente para 10,8 milhões de hl (-17% / 2019) devido às condições climáticas desfavoráveis causadas pelo El Niño. 

Chile

Com 10,3 milhões de hectolitros , registra uma redução de -13% em relação a 2019, principalmente devido à seca. Ambos os países apresentam níveis de produção bem abaixo da média dos últimos cinco anos, com -13% e -10%, respectivamente.

Brasil

O Brasil tem um volume de produção de vinho estimado em 2,2 milhões de hl, semelhante ao do ano anterior, nível 15% inferior à média dos últimos cinco anos .

África

Na África do Sul , onde a seca afetou significativamente as lavouras em 2018 e 2019, a produção de vinho em 2020 é estimada em 10,4 milhões de hl , o que representa um aumento no nível, de volta ao normal.

Oceania

Austrália

Registrou uma diminuição acentuada no volume da produção de vinho em 2020, de 10,6 milhões de hl (-11% em comparação com 2019 e -16% em comparação com sua média dos últimos cinco anos). Isso pode ser parcialmente explicado por uma combinação de fatores que reduziram o volume de produção: secas causaram queda na produtividade; Os incêndios florestais eclodiram durante a época de colheita e algumas uvas foram afetadas por poluentes derivados do fumo.

 Nova Zelândia 

A produção de vinho mostra uma tendência oposta à da Austrália e, pelo quarto ano de sua história, produz mais de 3 milhões de hl, exatamente 3,3 milhões de hl em 2020 (+ 11% / 2019 e + 15% em comparação com a média dos últimos cinco anos)

• Fonte OIV- Organização Internacional da Vinha e do Vinho

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Uberabaonline1
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas