Cidade

Mosaic e Embrapa capacitam profissionais da assistência técnica

uma das maiores produtoras de fosfatados e potássio combinados

18/11/2020 04h00
Por: Redação

A Mosaic Fertilizantes, uma das maiores produtoras de fosfatados e potássio combinados, em parceria com a Embrapa, iniciou capacitação de 70 profissionais rurais para atuação na assistência e comercialização de adubos para pastagens e plantas forrageiras. Com o principal objetivo de promover o uso eficiente e sustentável de fertilizantes, a primeira turma do treinamento, que aconteceu em outubro, contou com quatro dias de aulas on-line para 35 técnicos.

Para Antonio Meirelles, Diretor de Relações Governamentais e Sustentabilidade da Mosaic Fertilizantes, a capacitação para recomendação do uso adequado de fertilizantes em pastagens é de grande importância para o setor, pois contribui para impulsionar a produtividade da pecuária e auxiliar na redução nas emissões dos gases de efeito estufa. “Sabemos que cerca de 13% do território brasileiro é coberto por pastagens plantadas e estima-se que mais de 100 milhões de hectares dessas pastagens no Brasil encontram-se em situação de degradação, aumentando as emissões de GEEs. Ao capacitarmos profissionais sobre técnicas de adubação de pastagens, revertemos esse ciclo com incremento da produtividade da pecuária, redução dos impactos ambientais causados pela degradação do solo e ainda contribuindo para o Brasil atingir suas metas de emissões de GEEs”, comenta.

De acordo com Samuel Bortolin, gerente de produtos da Mosaic Fertilizantes e um dos coordenadores técnicos do programa, a capacitação dos produtores é fundamental para que utilizem as tecnologias disponíveis de forma adequada e tenham os resultados desejados. “A fertilização dos pastos muitas vezes acontece de forma inadequada e sem embasamento técnico, o que culmina em resultados aquém do esperado. Ao prepararmos os profissionais rurais, esclarecemos todos os benefícios que a atividade pode trazer para a pecuária”, comenta.

O programa tem como referência a metodologia de capacitação continuada do programa Bifequali TT, da Embrapa Pecuária Sudeste. O conteúdo apresentado inclui: manejo da fertilidade do solo com pastagens; fundamentos para o sucesso na implantação de pastagens; conceitos sustentáveis de manejo e adubação de pastagens; estimativa de massa de forragem e adequação da lotação animal; conceitos básicos de orçamentação forrageira; e exercício sobre planejamento da produção de forragem na propriedade.

A Embrapa conta com conhecimento em tecnologias que podem colaborar com as práticas sustentáveis a serem adotadas na produção de proteínas de origem animal. “Com o aumento na presença da carne bovina brasileira nos mercados globais e da exigência do mercado consumidor quanto a produção sob boas práticas, é essencial o intercâmbio de conhecimento técnico e a aceleração do processo de transferência de tecnologias para aumentar não só a sustentabilidade, mas também a rentabilidade do setor”, comenta Adilson Malagutti, Analista da Embrapa Pecuária Sudeste e coordenador do programa Bifequali transferência de tecnologia.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Uberabaonline1
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas