Política

Prefeitura emite nota de repúdio a ataques a secretária de Educação

Mediante publicação, segundo consta, originária da Associação dos Educadores de Uberaba

19/11/2020 04h00
Por: Redação

Mediante publicação, segundo consta, originária da Associação dos Educadores de Uberaba, atacando de forma antiética a secretária de Educação, professora Silvana Elias, a Prefeitura Municipal de Uberaba (PMU) esclarece: Nos últimos oito anos de governo do prefeito Paulo Piau, a pasta da Educação foi comandada pela professora Silvana Elias, uma profissional de carreira, aposentada no serviço público, atuante na iniciativa privada e que muito contribuiu e contribui para o avanço em diversas frentes da educação municipal. A confiança do prefeito na secretária foi o que motivou tanto trabalho e enfrentamentos diante da tomada de recursos pelo governo federal para construir e colocar em funcionamento 16 novas escolas e mais onze escolas em construção/projeto com recursos assegurados. Um bem social que há muito tempo ou quiçá nunca se viu em Uberaba nesses 200 anos.

A educação de Uberaba ganhou em 2018 o título de melhor qualidade do interior de Minas Gerais, sendo a 30ª no Brasil, de acordo com a Frente Nacional de Prefeitos. Não há na história dessa cidade, um salto tão grande na pasta mais rica sim, mas que mais investe em retornar o dinheiro público, a quem ele é de direito: o povo!

Para listar os desafios lançados – e cumpridos – pela secretária Silvana Elias, com total apoio do prefeito Paulo Piau, citam-se alguns:

- 80% dos servidores da pasta já são efetivos, o que garante a continuidade do trabalho realizado ao longo do mandato;

- De acordo com o Departamento Jurídico da Secretaria de Educação, não existem denúncias ou processos formalizados na pasta sobre aplicação de recursos do Fundeb (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica). Os dados relativos ao Fundeb podem ser encontrados e consultados por qualquer cidadão no Portal da Transparência, no site do Fundeb ou no site do Tesouro Nacional;

- Mais de 55 escolas foram reformadas neste governo que atendem atualmente 27 mil alunos na rede municipal, com investimento alto para o transporte de 5 mil alunos diariamente, que não têm escola perto das residências;

- Para a educação infantil, a meta do MEC até 2024 é de cada município matricular 50% das crianças de zero a três anos nos Cemeis. Em Uberaba, esse número já alcança 82% já em 2020;

- Mais de 60 mil refeições (merendas) oferecidas por dia nas 73 escolas de educação infantil (Cemeis) e ensino fundamental. Para isso, a secretaria conta com 13 nutricionistas gabaritadas para o controle rigoroso da nutrição dos alunos.

- Uniformes e kits escolares cedidos aos alunos, desde os bebês até a Educação de Jovens e Adultos, promovendo mais alívio socioeconômico para as famílias;

- Acesso gratuito dos educadores da rede (e também de outras instituições), por meio da Casa do Educador e UAB - Universidade Aberta do Brasil (nota A no MEC), à formação profissional de alta qualidade, com parcerias de universidades de renome como UFTM, IFTM, Facthus, Universidade de Uberaba, Cesube e Unipac. Há também parcerias com empresas como a Mosaic, Algar, Net Claro, dentre outras para a realização de ações com contrapartida de formação profissional;

- A educação inclusiva de Uberaba é referência para 39 municípios da região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, atendendo pessoas com síndromes e deficiências no Crei, um Centro de Referência em Educação Inclusiva, criado neste governo. Neste local, são feitos atendimentos multiprofissionais, para mais de 600 crianças por mês. As famílias também são atendidas.

- O Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) está dentro da média nacional ideal para o teste. Porém, por trás desses números, houve um trabalho pedagógico sem precedentes na história da educação municipal de Uberaba. Vale lembrar que, ao tentar desqualificar esse dado, que qualquer cidadão pode checar, atingem os 3.500 profissionais do magistério, que se dedicam diariamente para atender as demandas pedagógicas, sociais, emocionais e estruturais da educação.

- Cerca de 15 mil alunos participaram ativamente de atividades do Tempo Integral, que oferecem oficinas, aulas e atividades relacionadas ao esporte, às artes, ao empreendedorismo e ao protagonismo juvenil. Aqui, se promovem eventos, competições e diversas modalidades de incentivo a todas as habilidades do ser humano. Aqui ainda se citam as Bibliotecas sob a gestão da pasta que, inclusive, terá a inauguração de uma reforma esperada por tantos anos no prédio da Biblioteca Municipal Bernardo Guimarães.

Para finalizar, o governo municipal não investiu somente em construção de escolas, ele investiu em promover uma vereda que ensina, transforma e humaniza, tecendo um grande modelo de educação, que deveria ser seguido por todos os municípios. Isso, porque tudo foi feito com muito esforço, em um país que viveu grandes crises, provando que sem o esforço de cada profissional da pasta, que somam quase a metade do total da prefeitura, não haveria nada disso. O mérito é do governo municipal que acreditou na professora com experiência desde o chão de sala até a gestão das escolas, como também em cada profissional efetivo ou contratado para atender aos cargos essenciais para a educação dos alunos.

A Prefeitura de Uberaba confia e continuará confiando na excepcional servidora e profissional Silvana Elias, repudiando qualquer ataque a ela e a Educação de Uberaba.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Uberabaonline1
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas