Coluna

Lawrence Borges

Bastidores

07/01/2021 04h00
Por: Redação
FOTO BONIFÁCIO ANDRADA
FOTO BONIFÁCIO ANDRADA

FOTO BONIFÁCIO ANDRADA

Legenda: Morre aos 90 anos o ex-deputado Bonifácio de Andrada, vítima da covid-19

 

LUTO

O ex-deputado federal Bonifácio de Andrada (DEM-MG) morreu ontem aos 90 anos após complicações causadas pela covid-19. Segundo a assessoria da Universidade Presidente Antônio Carlos (Unipac), onde era professor e reitor, ele estava internado no Hospital Mater Dei, em Belo Horizonte, desde 16 de dezembro, quando foi diagnosticado com a doença.

 

HISTÓRICO

Bonifácio de Andrada era filho de José Bonifácio Lafayette de Andrada e de Vera Raymunda Tamm de Andrada, e irmão do já falecido deputado José Bonifácio Tamm de Andrada. É ainda descendente do estadista José Bonifácio de Andrada e Silva – irmão de seu trisavô, Martim Francisco Ribeiro de Andrada, casado com a filha do patriarca da Independência. O parlamentar era casado com Amália Borges de Andrada e deixou 8 filhos, dentre eles políticos como Antônio Carlos Doorgal de Andrada e Lafayette Luiz Doorgal de Andrada, o ex-advogado geral da União e vice-procurador-geral da República José Bonifácio Borges de Andrada, e o desembargador do TJMG Doorgal Gustavo Borges de Andrada.

 

DENÚNCIA

Leitores da COLUNA BASTIDORES contemplados com imóveis nos bairros Girassóis III e no Alfredo Freire IV entraram em contato para denunciar o abandono da Cohagra. Eles afirmam que além de não ter um atendente na recepção, as pessoas que ficaram não sabem informar quanto à assinatura de contratos ou dos demais loteamentos em andamento. O amor está virando ódio.

 

GERAL

Levantamentos realizados pela COLUNA BASTIDORES constataram que além da Cohagra, a Codiub e outras secretárias municipais não conseguem dar andamento em suas funções institucionais. As pessoas que assumiram as funções não sabem por onde começar e os servidores que permaneceram não possuem todas as informações. Os problemas se vão acumulando, sem norte. Tem secretário municipal já pensando em renunciar; outros falam que a cidade vai parar.

 

COMUNICAÇÃO

Diferente da outra gestão, quando a Secretaria de Comunicação respondia todos os quesitos e informações solicitadas pela imprensa, independentemente do horário, com facilidade de whatsapp, telefonia celular, a Secom tinha a responsabilidade de munir a imprensa com as informações da administração a tempo e a hora. E-mail encaminhado pela COLUNA BASTIDORES na tarde do dia 5 teve a seguinte resposta “Confirmo o recebimento de suas demandas. Vamos apurar todas as informações e respondê-las assim que possível. Devido ao horário da solicitação, talvez não seja possível apurar ainda hoje.” Até o fechamento desta edição não recebemos a resposta dos questionamentos.

 

SAÚDE

Após denúncia da COLUNA BASTIDORES em relação aos erros do monitoramento da covid-19, o município de Uberaba justificou que as pessoas nomeadas não conseguem dar andamento no monitoramento, pois dependem dos outros funcionários que foram demitidos! Que resposta tosca!

 

FALANDO EM SAÚDE

Um dos questionamentos realizados pela COLUNA BASTIDORES à Secretaria de Comunicação, foi que informasse quais membros do Comitê Técnico Científico de Enfrentamento à Covid-19 são infectologistas. Já são mais de 24 horas aguardando a informação, e sem resposta.

 

APOIO

O deputado Aelton Freitas recebeu na manhã desta quarta-feira (6) a visita do senador Eduardo Gomes (TO), líder do Governo no Congresso, para “dar total apoio no meu retorno ao Congresso Nacional”. Também estava no encontro o ex-senador Vicentinho Alves (TO), que atualmente é secretário Nacional de Infraestrutura Turística, e seu chefe de Gabinete Dr. Rafael.

 

SUCESSÃO NA CÂMARA

O deputado Baleia Rossi (MDB-SP) colocou a defesa de uma vacina universal contra a covid-19 como um de suas primeiras bandeiras caso seja eleito presidente da Câmara, ao lançar oficialmente sua campanha nesta quarta-feira (6). Segundo ele, a pauta foi escolhida como um simbolismo de convergência entre os diferentes espectros dos partidos que compõem o bloco do emedebista, com siglas de centro e esquerda.

 

ELEIÇÃO VIRTUAL

A Mesa Diretora da Câmara Federal estuda se irá fazer a eleição presencial, virtual ou mista. E a polêmica já está criada, com candidatos insatisfeitos. Embora ainda não haja decisão sobre o assunto, o deputado Arthur Lira (Progressistas-AL), candidato apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro, já se articula para barrar eventual mudança no sistema de votação e seus aliados falam até em risco de ataques hackers. Entretanto, a Câmara já informou que não existe este risco.

 

DESAFIO

A mobilização de 513 deputados para eleger quem comandará a Câmara no biênio 2021-2022 impõe um desafio logístico ao Legislativo por causa da pandemia do novo coronavírus. O candidato de Maia é o deputado Baleia Rossi (MDB-SP). Após atrair o apoio do PT e de outros partidos de oposição, Baleia formou um bloco com maior número de deputados do que o de Lira, líder do Centrão.

1comentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários