Coluna

Lawrence Borges

Bastidores

09/01/2021 04h00
Por: Redação

GARANTIDO POR ZEMA

O governador de Minas, Romeu Zema (Novo), sancionou, nesta sexta-feira (8), em medida publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), lei que garante à população do Estado o acesso à vacina contra a covid-19 quando o imunizante for aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

 

REQUISIÇÃO

Minas Gerais está entre os Estados que garantiu as seringas para realização a vacinação contra a covid-19 na população mineira. O Estado que saiu na frente foi São Paulo. Enquanto isso, o Governo federal está com dificuldades de adquirir os insumos. Para tentar solucionar, o presidente Jair Bolsonaro e o ministro Eduardo Pazuello requisitaram as seringas ao governo João Doria, que recorreu da decisão.

 

STF

Em resposta, o ministro do Supremo Tribunal Federal Ricardo Lewandowski proibiu a União de requisitar seringas e agulhas contratadas pelo estado de São Paulo para a vacinação contra a covid-19. A decisão, que ainda poderá ser analisada pelo plenário da corte. "Defiro a cautelar, ad referendum do Plenário do Supremo Tribunal Federal, para impedir que a União requisite insumos contratados pelo Estado de São Paulo, cujos pagamentos já foram empenhados, destinados à execução do plano estadual de imunização", determinou Lewandowski.

 

NEGLIGÊNCIA

Na decisão, Lewandowski escreveu que "a incúria [negligência] do Governo Federal não pode penalizar a diligência da administração estadual, a qual tentou se preparar de maneira expedita para a atual crise sanitária". O ministro ainda evocou "termos da histórica jurisprudência desta Suprema Corte" e citou outros casos semelhantes para justificar a decisão.

 

MINAS NO SENADO

O Republicanos, partido de Flávio Bolsonaro (RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, declarou apoio a Rodrigo Pacheco (DEM-MG) na disputa pela presidência do Senado. Pacheco é o candidato do atual presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), à sucessão. O apoio do Republicanos sinaliza uma aproximação do Palácio do Planalto com o candidato de Alcolumbre. Em dezembro, na véspera do Natal, o presidente do Senado levou Pacheco para um almoço com Jair Bolsonaro no Palácio da Alvorada.

 

RENUNCIOU AO SALÁRIO

O prefeito de Betim, Vittorio Medioli (PSD), renunciou, pelo quinto ano consecutivo, ao vencimento a que ele teria direito de receber como chefe do Executivo municipal. O subsídio do prefeito está fixado em R$ 21,538. Com isso, Vittorio não receberá seu vencimento mais uma vez. O decreto nº 42.408 foi publicado no “Órgão Oficial” dessa quinta-feira (7).

 

TAMANHO DA ECONOMIA

Ao renunciar aos vencimentos, o prefeito gerou uma economia aos cofres públicos de cerca de R$ 1,119 milhão entre 2017 e 2020. Esse valor economizado é quase o equivalente ao investimento feito na construção da maioria das novas unidades básicas de saúde (UBSs), que custam cerca de R$ 1,2 milhão.

 

OPINIÃO DO LEITOR

Leitor da COLUNA BASTIDORES sugeriu que os vereadores que sustentam realizar economia para o município, renunciassem aos salários recebidos como vereadores e que seus respectivos salários fossem revertidos em emendas as instituições da cidade, seria uma prova que não são falsos moralistas.

 

QUESTIONADO

Questionado pela COLUNA BASTIDORES, o leitor afirmou que os recursos economizados com os gabinetes, selos, viagens, etc., voltam para o caixa da Câmara Municipal e podem ser remanejados pelo presidente para outros gastos. Segundo leitor, na prática nada muda, tudo é discurso.

 

RECUSADO

Fontes da COLUNA BASTIDORES informaram que o ex-presidente da Emater Gustavo Laterza recusou o convite de Elisa Araújo (SD) para assumir a Secretaria de Agronegócio em Uberaba. Gustavo foi exonerado da presidência da Emater por opor a fusão da entidade com a Epamig.

 

PAPARICADO

Após tomar posse como deputado federal, Aelton Freitas (PL) passou a ser cortejado novamente. Todos perceberam a falta que o deputado está fazendo para Uberaba e região. Residindo em Uberaba, Aelton ainda, possui uma postura discreta para perceber os movimentos políticos da cidade.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários