Quinta, 25 de Fevereiro de 2021
(34) 99869-4433
Cidade Cidade

Saúde esclarece que não há colapso na rede hospitalar de Uberaba

Saúde afirma que não há colapso na rede hospitalar de Uberaba

15/01/2021 20h50
Por: Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Comitê Técnico-Científico de Enfrentamento à Covid-19 apresentou, nesta sexta-feira (15), os dados da ocupação hospitalar no município, que envolvem os leitos para atendimento ao novo coronavírus. São 38% de ocupação de UTI e 21% de enfermaria. Os dados abrangem as redes privada e pública nesta data. No sentido de manter os dados atualizados, bem como o plano de contingência, técnicos da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) visitaram todos os hospitais que fazem parte do plano, na tarde de hoje.

Segundo o analista em Auditoria, Regulação e Fiscalização da SMS, Irálio Ferreira Fedrigo, não há que se falar em colapso hospitalar. Ele esclarece que esses dados são avaliados diariamente e, por enquanto, estão em patamar estável. Durante o pico da doença, em 2020, houve momento em que a ocupação, tanto de UTI quanto de enfermaria, chegou a 49%. O que não é o caso, neste momento.

Durante a reunião do comitê, a professora e doutora em matemática Michelli Maldonado, da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), apresentou dados do coronavírus no Município. Ela ratificou o que já vinha sendo apresentado no boletim de Monitoramento Diário da Covid-19, que há alta no número de casos, no entanto, Maldonado também confirmou que Uberaba mantém a taxa de mortalidade e letalidade abaixo do índice brasileiro, bem como os óbitos estão em situação de estabilidade neste momento.

“Há uma tendência de crescimento desses números desde o dia 31 de dezembro. Os dados nos mostram, hoje, com segurança, que estamos na segunda onda da doença”, afirmou. Ela sugeriu também que mediante as análises dos dados, o município adote um sistema de faixas, para que cada cenário apresentado venha em consonância com ações que minimizem o avanço da doença.

A prefeita Elisa Araújo concordou com a sugestão e de imediato determinou ao comitê que viabilizasse esse trabalho, bem como a capacitação para os fiscais, visando uma melhor orientação de alguns segmentos, além da avaliação para aquisição de mais testes, respeitando as especificidades e os protocolos do Ministério da Saúde.

“Também precisamos fazer um trabalho na triagem das Unidades de Pronto Atendimento, garantindo um acolhimento mais adequado aos cidadãos que estão com suspeita de covid-19 e os que estão com outros problemas de saúde”, disse.

Vacina - Elisa também informou que chegaram 100 mil seringas para vacina e que a equipe do setor de vacinação e logística está empenhada em fazer a organização e distribuição do insumo. Segundo a prefeita, a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) repassará ao Município 20 leitos completos de UTI.

“Faremos tudo mediante índices balizadores, de fácil entendimento para a população, sempre com transparência. Vamos rever os números e as medidas necessárias de sete em sete dias. Por outro lado, pedimos à população que respeite as regras sanitárias, evite aglomerações, se preserve. Esse é um trabalho de todos nós”, finalizou.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. 19° Máx. 32°

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
80% (18mm) Chance de chuva
Amanhã (26/02)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 29°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Sábado (27/02)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 28°

Sol com muitas nuvens e chuva
Ele1 - Criar site de notícias