Quarta, 16 de Junho de 2021
(34) 99869-4433
Anúncio
Política Coluna

Pensando Uberaba

Por Lawrence Borges

07/02/2021 04h00
Por: Redação
Proposta do Grande Hotel ser a Secretaria de Educação
Proposta do Grande Hotel ser a Secretaria de Educação

RECUPERAÇÃO ECONÔMICA DO CENTRO DE UBERABA

 

Estimular a recuperação econômica do centro de Uberaba, atraindo para a área novos moradores e estabelecendo diretrizes para a renovação, qualificação e manutenção do espaço público, bens históricos e novos investimentos, é um grande desafio para a prefeita Elisa Araújo. Neste domingo (7) traremos uma proposta que poderão nortear os trabalhos da nossa chefe do executivo e abrir um debate na comunidade sobre a viabilidade de colocar em prática.

Há vários anos, a maioria da população sustenta que o centro de Uberaba morreu economicamente em decorrência da implantação do BRT. Entretanto, tal fundamentação é uma falácia, uma vez que o aspecto cultural contemporâneo das cidades alterou com o passar dos anos.

A falta de estacionamentos em decorrência do BRT não foi o causador da falência do centro da cidade, uma vez que desde o Shopping Lenza até a Guilherme Ferreira, há vários anos, não havia estacionamento na avenida Leopoldino de Oliveira.

Ainda, as ruas São Benedito, Artur Machado e Tristão de Castro não são servidas pelo BRT, possuem estacionamentos, e mesmo assim diminuirão sua pujança econômica.

O êxodo comercial para shoppings, centros comerciais, bem como o desenvolvimento do comércio nos bairros, como na Prudente de Morais, no Abadia, a Elias Cruvinel, no Boa Vista, e Hamid Mauad, no Beija-flor, também contribuíram para a desaceleração econômica da região central.

Sem mencionar o inventariamento e o tombamento indiscriminado de imóveis no centro da cidade, sem valor cultural, arquitetônico ou histórico, também foi dos requisitos que prejudicam o desenvolvimento do centro da cidade.

Assim, para desenvolver e recuperar economicamente o centro da cidade, a Prefeitura de Uberaba terá que desenvolver um plano de ações, envolvendo um conjunto de decretos, projetos de lei à Câmara dos Vereadores, contendo uma série de incentivos fiscais, permissões de uso, revisão das normas e procedimentos do Conselho de Patrimônio Histórico e Artístico de Uberaba (Conphau), incentivar um programa de verticalização imobiliária com a construção de novas moradias, bem como transferir o centro administrativo novamente para o coração da cidade.

O carro chefe da revitalização do centro de Uberaba passará pela transferência do Centro Administrativo situado no bairro Santa Marta, ocupando, estrategicamente, imóveis sem uso e/ou ociosos, como, por exemplo, o Prédio dos Correios, que poderá abrigar o Gabinete da prefeita, vice-prefeito, Chefia de Gabinete, Secretaria de Governo, Secretaria de Comunicação e seus respectivos assessores. O prédio do Banco do Brasil poderia ser ocupado pela Secretaria de Planejamento, Serviços Urbanos, Meio Ambiente e outras secretarias afins, já o charmoso Grande Hotel poderia ser ocupado pela Secretaria de Educação, conjuntamente com a Secretaria de Administração. Ainda, a Codiub poderia ocupar o antigo Hotel Regina, na rua Manoel Borges, sem falar no tradicional Edifício Enoc Silva no Calçadão, que poderia ser desapropriado para ser o gabinete dos vereadores, contribuindo para economizar recursos do erário.

Somente o público inicial de servidores municipais, estimado em 1.500 pessoas, mais 100 indiretos e o público médio que frequenta o Centro Administrativo aqueceriam o centro da cidade, impulsionando lanchonetes, restaurantes, lojas e estacionamentos.

Os outros eixos para recuperação econômica deverão ser levados em conta para principalmente, pela:

 

1)      REVISÃO CONPHAU: Analisar todos os imóveis inventariados e tombados pelo Conphau, com a participação popular, atribuindo e verificando o que realmente precisa ser preservado no centro da cidade, liberando diversos imóveis, para demolição, além de contribuir para o aquecimento do mercado imobiliário. Assim, os imóveis que possuírem justificativa histórica, cultura, e arquitetônica de interesse do município deverão ser desapropriados e assumidos pelo município, e não atribuir ao proprietário responsabilidade pública para sua manutenção.

2)      INCENTIVAR A VERTICALIZAÇÃO DE MORADIAS, as ruas Artur Machado, João Pinheiro, Governador Valadares, Manoel Borges, São Benedito, Tristão de Castro são ruas tradicionalmente comerciais, que possuem aproveitamento irregular dos terrenos, pois possuem lojas na frente, e com o fundo livre, os proprietários deverão ser incentivados a realizar empreendimentos imobiliários, com a verticalização de moradias (prédios), com galerias de lojas na frente, recebendo benefícios fiscais tais como isenção de dívida ativa, de IPTU e ITBI (podendo variar de 3 ou 10 anos, dependendo da quantidade de unidades residenciais) e ISS, além de liberação de taxas de licenciamento.

3)      REVITALIZAÇÃO DA RUA DO COMÉRCIO, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), há vários anos, possui um projeto de restauração das fachadas das lojas na rua Arthur Machado, que também poderá ser adaptado para implementar uma “Rua 24 horas”, um espaço gastronômico no coração da cidade, onde os proprietários, lojistas receberão benefícios fiscais tais como: isenção de dívida ativa, de IPTU, ITBI e ISS, além de liberação de taxas de licenciamento. Eles ficarão livres ainda de algumas exigências urbanísticas.

4)      CENTRO POPULAR, a tradicional e conhecida “25 de Março, em São Paulo” poderá ser implementado em Uberaba, concedendo incentivos fiscais para transformar o bairro São Benedito em um Grande Centro Popular, aproveitando o ponto central da cidade de Uberaba com o resto do pais, para trazer pessoas para gastar em Uberaba, o que também contribuirá para empoderar o centro da cidade.

São ideias simples de fácil implementação, que contribuirão para recuperar economicamente o centro da cidade, podendo gradativamente, reformular os espaços públicos e renovar a infraestrutura existente, através, ainda, das parcerias público privadas, possibilitando à prefeita Elisa Araújo mostrar um jeito diferente de governar.

10 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Pensando Uberaba
Sobre Pensando Uberaba
A coluna PENSANDO UBERABA trará semanalmente proposta de ações em diversos segmentos visando abrir discussões e debates em rodas empresariais e políticas, para que possamos enxergar Uberaba de outra maneira, aquecer a economia, gerar empregos e desenvolver a passos largos pós pandemia.
Uberaba - MG
Atualizado às 10h39 - Fonte: Climatempo
21°
Nevoa seca

Mín. 14° Máx. 30°

21° Sensação
2.9 km/h Vento
53% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (17/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 12° Máx. 32°

Sol com algumas nuvens
Sexta (18/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 32°

Sol com algumas nuvens
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias