Terça, 02 de Março de 2021
(34) 99869-4433
Estado de Minas Estado de Minas

Número de leitos para a covid-19 diminui mais de 50%

Secretários de saúde do país buscam novas habilitações de leitos de UTI para a covid-19

14/02/2021 04h00
Por: Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Secretários de Saúde de todo o país pedem ao governo federal, em caráter de urgência, a habilitação de leitos de UTI para a covid-19 e a garantia do financiamento para a contratação de recursos humanos. Em dezembro de 2020, dos 20.770 leitos então em uso, 12.003 encontravam-se habilitados, ou seja, financiados pelo Ministério da Saúde. Porém, a expiração dos recursos extraordinários para o enfrentamento da pandemia, em dezembro de 2020, levou à queda do número de leitos para 7.717 em janeiro de 2021 e para apenas 3.187 neste mês.

Talvez pensando em sanar isso, o Comitê de Crise para Supervisão e Monitoramento dos Impactos da Covid-19 publicou uma resolução em que prevê ações complementares de apoio aos estados no enfrentamento da pandemia. O apoio federal, quando necessário, deverá ser solicitado pelos governadores. https://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.png?id=1401020&o=nodehttps://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.gif?id=1401020&o=node

A medida foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União, na terça-feira (9), e ocorreu um dia depois do presidente Jair Bolsonaro publicar um despacho em que determina ao comitê a articulação de ações extras de apoio às unidades da Federação. O comitê foi instituído em março do ano passado e é coordenado pelo ministro-chefe da Casa Civil, Braga Netto. O colegiado conta com representantes de ministérios, empresas públicas e agências reguladoras.

Pela resolução, o governo federal poderá disponibilizar recursos humanos essenciais ao enfrentamento da pandemia, fornecer materiais e apoio logístico além de prestar assessoramento técnico às autoridades estaduais na contratação de material, pessoal e capacitação profissional. A disponibilização do apoio complementar dependerá de solicitação direta do governador, "por meio de declaração fundamentada da insuficiência e exaurimento dos meios do governo estadual em decorrência da pandemia, acompanhada de manifestação da comissão intergestores bipartite e ou resolução de gabinete de crise ou estrutura semelhante adotada para tratar do plano". 

O pedido do estado deverá delimitar a natureza exata do auxílio necessário, com proposta de ações e datas e indicação de agentes públicos que servirão como ponto de contato com a administração pública federal. O apoio federal complementar será formalizado por meio de acordo de cooperação técnica temporária. Ainda segundo a resolução, o apoio complementar veda a inclusão de qualquer previsão de transferência de recursos financeiros para os estados. 

As novas regras para pedido de apoio federal complementar para o combate à pandemia ocorre semanas depois do agravamento da crise sanitária na Região Norte, principalmente no estado do Amazonas e no oeste do Pará, que sofreram com a falta de oxigênio hospitalar e ainda mantém um número elevado de internações e mortes em decorrência da covid-19. Vale lembrar que Manaus recorreu a outros estados da federação para ajudar a tratar seus pacientes. Minas Gerais se disponibilizou a ajudar e trouxe 18 manauaras para serem tratados no Hospital Regional.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Uberaba - MG
Atualizado às 02h15 - Fonte: Climatempo
18°
Muitas nuvens

Mín. 18° Máx. 32°

18° Sensação
15 km/h Vento
82.8% Umidade do ar
90% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (03/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quinta (04/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias