Quarta, 21 de Abril de 2021
(34) 99869-4433
Anúncio
Política Coluna

Lawrence Borges

Bastidores

27/02/2021 04h00
Por: Redação

UBERABA PODE PARAR

Motorista de transporte coletivo, em conversa com a COLUNA BASTIDORES, afirmou que as concessionárias de transporte coletivo podem abandonar a prestação de serviço em Uberaba, devido à dificuldade financeira. Se não houver ajuda da prefeitura nos próximos dias, e dado como certo termino do contrato.

 

COINCIDÊNCIA OU NÃO

Motorista de aplicativo, também em conversa com a COLUNA BASTIDORES, informou que o setor possui expectativa que a data final para o fim do transporte coletivo em Uberaba será no dia 14 de marco.

 

ERRATA

A COLUNA BATIDORES publicou erroneamente que o Pastor Marco Feliciano não foi reeleito para deputado federal. Corrigimos para afirmar que o Pastor Marco Feliciano foi reeleito pelo Republicanos.

 

CANCELAMENTO

Em decorrência do aumento de casos da covid-19 em Uberaba, a agenda do Pastor Marco Feliciano teve que ser alterada, de acordo com o vereador Pastor Eloisio.

 

PRODUÇÃO DOS VEREADORES

A nova Câmara Municipal de Uberaba está mais atuante que as últimas. Os vereadores desta legislatura produziram quase o triplo de requerimentos ao Executivo que o mesmo período de 2020.

 

TRANSFERÊNCIA DOS ANIMAIS

A Prefeitura de Uberaba começou a transferir os animais do bosque do Jacarandá. As aves estão sendo levadas para Patos de Minas, contudo, alguns animais ainda não possuem destino acertado.

 

INDENIZAÇÃO

A Justiça de Cláudio, no Centro-Oeste mineiro, determinou no dia 19 que o Estado de Minas Gerais pague mais de R$ 2 milhões a familiares do deputado federal e ex-governador Aécio Neves por indenização de desapropriação das áreas onde hoje tem o aeródromo na cidade. Em 2008, o governo do Estado publicou um decreto em que tornava as áreas rurais como de utilidade pública, mas a família do então governador não concordou com o valor pago pelo Poder Público.

 

AUMENTO DE PADARIAS

Em decorrência do decreto para barrar o avanço da covid, que regulamentou a abertura e fechamento do comércio na cidade, inúmeros comércios de bairro estão recorrendo aos contadores para alterar a atividade principal de seu estabelecimento para panificadores para que, assim, possam permanecer abertos mais tempo e durante o final de semana.

 

QUEBRA DO MONOPÓLIO

Para aumentar a concorrência entre as companhias que vendem energia elétrica no Brasil e estimular o mercado livre no setor, o governo federal pediu prioridade ao Congresso Nacional para a aprovação do Projeto de Lei Complementar 232/2016, que cria o novo marco do setor elétrico. O texto foi aprovado no Senado há 15 dias e começou a tramitar na Câmara dos Deputados. Especialistas avaliam que as mudanças poderão produzir melhorias na distribuição de energia e dar mais opções para os consumidores, além de, talvez, até reduzir na conta de luz.

 

VERDADE VEM A TOA

Esposa do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), Paola da Silva Daniel, recebeu parcelas do auxílio emergencial pago pelo governo federal mesmo ocupando cargo comissionado no Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro, órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente. A servidora afirmou tentar devolver o dinheiro recebido indevidamente.

 

BOULOS VIRA RÉU

A Justiça Federal em São Paulo aceitou a denúncia apresentada contra o líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e candidato derrotado à Prefeitura de São Paulo no ano passado, Guilherme Boulos (PSOL), pela ocupação do triplex no Guarujá (SP), em abril de 2018, em protesto contra a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

 

MAIS SEGURANÇA

O governador Romeu Zema começou na sexta-feira (26), em Belo Horizonte, a entrega de 645 viaturas que irão reforçar a segurança pública nos municípios mineiros. Os automóveis e motocicletas, que serão usados pela Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), foram adquiridos por meio de recursos de emendas parlamentares federais e estaduais e de convênios com o Fundo Nacional de Segurança Pública, Departamento de Polícia Rodoviária Federal e municípios. 

 

100% NACIONAL

A Agência Espacial Brasileira (AEB) está em contagem regressiva para o lançamento do satélite Amazonia 1, que ocorre na madrugada deste domingo (28). O satélite com produção e operação totalmente nacional será enviado ao espaço com uma missão específica: acompanhar de perto a Terra, em especial, a região amazônica.   O lançamento é parte da Missão Amazônia que, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), tem por objetivo monitorar áreas desmatadas, agrícolas, além de desastres ambientais

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias