Quarta, 21 de Abril de 2021
(34) 99869-4433
Anúncio
Política Política

Saúde inicia transferência de pacientes não covid do Mário Palmério

Pacientes com outra morbidades são transferidos do hospital Mario Palmério para abrir vagas para os com covid-19

06/03/2021 04h00
Por: Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Com o Plano de Contingência de Enfrentamento à covid-19 da Secretaria de Saúde ativado em sua fase 5 (cinco), a Pasta iniciou nesta sexta-feira o trabalho de transferência dos pacientes não covid do Mário Palmério Hospital Universitário (MPHU), para outras unidades hospitalares. O primeiro a receber os pacientes será o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM).

Conforme explica o secretário de Saúde, Sétimo Bóscolo, o Mário Palmério é o hospital de retaguarda um do Plano de Contingência. “Desde a semana passada estamos trabalhando para ativar o plano, que precisa de uma preparação prévia junto às unidades hospitalares. Nos reunimos com os hospitais, informamos as necessidades e o processo está em andamento. Para segurança do HC, os pacientes estão sendo testados antes da transferência”, destacou.

Segundo Cristina Strama, apoio do gabinete para as questões de regulação, o trabalho de transferência ficará sob a responsabilidade do Samu. Ela lembra que houve acréscimo de leitos de clínica médica (enfermaria) no Hospital Regional, que passou de 77 para 103, bem como outros três leitos foram abertos na rede privada.

Já o MPHU abrirá outros 28 leitos de enfermaria para covid quando as transferências estiverem concluídas. Strama destaca ainda, que a SMS está alinhando o trabalho junto a outras unidades hospitalares, como o Hospital Hélio Angotti para pacientes não covid.

Conforme destaca o secretário, são várias ações em andamento pelo governo municipal para dar mais segurança à comunidade no atendimento a esta doença. Ele enfatizou também o apoio e cooperação dos hospitais Mário Palmério e de Clínicas da UFTM, neste momento difícil que a cidade está enfrentando.

“Mas é claro que isso não vai bastar se os cidadãos não entenderem que é preciso usar máscara, álcool em gel, manter distanciamento e não aglomerar em hipótese nenhuma. Nada do que fizermos vai melhorar este cenário, se a população não fizer a sua parte”, observa Sétimo Bóscolo.

 

Estratégias – Equipe da prefeitura realizou reunião para debater alternativas para ampliar o enfrentamento à covid-19 na cidade, como a antecedência para reestruturação do Plano de Contingência de Enfrentamento à covid-19. “Queremos buscar alternativas que viabilizem ainda mais o aumento de leitos, melhoria no acolhimento ao paciente covid e do paciente que não está com covid. A rede de atendimento, seja ela privada ou pública, discutindo e trabalhando unida garantirá o melhor atendimento possível à comunidade. E este é o nosso foco”, destacou.

Questões como fluxo de regulação, contratação de mão de obra, movimentação entre as unidades para abrigar especialidades, mudanças de perfil de paciente e tempo de internação estão entre os temas discutidos.

Também foi informado aos participantes que, em contato com os secretários de Saúde das cidades que integram a macrorregião, por meio de reunião on-line, foi pontuada a necessidade de manter o paciente de baixa complexidade no próprio município, oferecendo um atendimento hospitalar. “Para isso, vamos nos reunir na segunda-feira, desta vez presencialmente, respeitando as regras sanitárias, para implementar este trabalho nos municípios, inclusive, com a possibilidade de treinamento dos profissionais de saúde deles”, revelou o secretário Sétimo Bóscolo.

Participaram do encontro a prefeita Elisa Araújo, o secretário da Saúde, Sétimo Bóscolo, secretária adjunta Fabiana Prado e representantes dos hospitais Mário Palmério, São Domingos, Hélio Angotti, Beneficência Portuguesa e Regional e a promotora Cláudia Freddo, representando o Ministério Público.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias