Quarta, 21 de Abril de 2021
(34) 99869-4433
Anúncio
Agronegócio Agronegócio

Safra 2020/2021 já tem 50% da lavoura de soja colhida

O município de Uberaba colheu, até agora, 50% da safra de soja 2020/2021, cuja área plantada cresceu mais de 3,5%.

21/03/2021 04h00
Por: Redação

O município de Uberaba colheu, até agora, 50% da safra de soja 2020/2021, cuja área plantada cresceu mais de 3,5%.

De acordo com dados apurados pelo Conselho, informou a coordenadora Regional da Emater, Guilhermina Severino, a área plantada de soja no Município, safra 2020/2021, é de 85 mil hectares. “Em comparação com os 82 mil hectares da safra passada, o crescimento foi de quase 3,7%”, frisou ela, ressaltando que, até agora, foram colhidos em torno de 50% dos grãos.

Já a produtividade, salienta Guilhermina, mantém a média de 2020, com 65 sacas colhidas por hectare, o que é considerado um ótimo resultado.

O grupo gestor da safra também avaliou que o veranico de janeiro não interferiu na produtividade da soja plantada no Município, nem mesmo um possível excesso de chuva. Pelo menos, até o momento, os técnicos destacam que a soja colhida não apresentou prejuízos em decorrência das chuvas, como verificado em outras regiões.

Sobre a lavoura de milho, segundo Guilhermina, o Conselho apontou para uma área plantada de 25 mil hectares e produtividade estimada de 6 mil quilos por hectare. Já a colheita, relatou, só deverá começar no final de abril ou começo de maio. “Até agora o que se colheu foi milho irrigado ou milho para silagem”, acentuou.

O terceiro grão de destaque e em crescimento no Município, o trigo de cerrado, tem plantio previsto para começar no final deste mês, pelo menos, o de sequeiro. Segundo a coordenadora da Emater, a previsão para 2021, é de uma área plantada na casa de 7.500 hectares, sendo 4.500 de sequeiro (produtividade de 2.700 quilos por hectare) e 1.500 hectares de trigo irrigado (produtividade de 4.500 quilos/ha).

Já o sorgo da safrinha, Guilhermina frisa que a estimativa é na casa de 35 mil hectares de área plantada. Porém, um número mais próximo da realidade, o Conselho disse que só será possível em meados de abril, ocasião em que a maior parte das lavouras estará plantada.

Apesar de não fazer parte da safra de grãos, o grupo discutiu também a próxima safra da cana-de-açúcar.  De acordo com o secretário do Agronegócio, José Geraldo Borges Celani, os cálculos atuais apontam para uma lavoura de cana com 107 mil hectares plantados no Município. “Número que, dependendo de possível redução entre os líderes do ranking da cana, pode colocar Uberaba como maior produtor de cana-de-açúcar do Brasil”, enfatizou.

Para o titular da Sagri, já passou da hora de fazer um geoprocessamento da produção agrícola bem amplo no Município. “Não é que vamos deixar de fazer os trabalhos de campo. Eles são importantes. Porém, precisamos usar desta ferramenta tecnológica, de imagens de satélites, para ter números bem precisos e avançar ainda mais nas ações da agropecuária”, disse. Celani entende que os órgãos do setor, como Emater, Conab e a Prefeitura, precisam obter este material.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias