Quarta, 21 de Abril de 2021
(34) 99869-4433
Anúncio
Saúde Saúde

No dia da Saúde e Nutrição, especialista mostra os cuidados coma nutrição oncológica

Nutrição

31/03/2021 03h00
Por: Euripedes Antonio Campos
Alimentação aliada a suplementos nutricionais, quando necessário, fortalecem o sistema imunológico e melhora da qualidade de vida
Alimentação aliada a suplementos nutricionais, quando necessário, fortalecem o sistema imunológico e melhora da qualidade de vida

Em 31 de março comemora-se o Dia da Saúde e Nutrição. Comer é uma ação tão básica que muitas vezes fazemos sem pensar. Mas, para além do objetivo da sobrevivência, a comida é um fator importante na promoção da saúde, da socialização e da cultura. Por isso, a comida e as relações de necessidade e prazer devem sempre ser consideradas, em especial, para os pacientes com câncer.

Segundo a nutricionista clínica do Hospital Hélio Angotti, Ana Paula Correia Leite, a Nutrição Oncológica é mais uma proposta de cuidado, que associada aos tratamentos médicos, pode contribuir para os melhores resultados do tratamento e o bem-estar do paciente. “Dessa forma, é possível esclarecer as dúvidas relacionadas à alimentação e aos sintomas, fazer orientação sobre alimentação adequada e nutritiva de modo individualizado, prescrever suplementos nutricionais quando necessário, além de outras ações que ajudarão no fortalecimento do sistema imunológico, na redução da toxicidade dos diferentes tratamentos e na melhora da qualidade de vida”, afirma Ana.

Ela ressalta ainda que a Nutrição Oncológica tem abordagem biopsicossocial e atua dentro de uma perspectiva multidisciplinar em cooperação com o paciente, o cuidador e os demais profissionais de saúde. “Todo paciente oncológico deve fazer uma avaliação nutricional antes do tratamento. Como a incidência de desnutrição é elevada e o apetite pode alterar durante o tratamento, frequentemente eles necessitam de suplementos alimentares ou até mesmo sonda para uma nutrição adequada. Alterações do paladar, como gosto metálico, intolerância a doces e alimentos cítricos podem ocorrer, sendo necessário ajuste da dieta”, esclarece. Essa é uma das razões principais que os pacientes devem ser reavaliados frequentemente, evitando assim, risco de desnutrição.

Entre os principais nutrientes que um paciente oncológico precisa ingerir, ainda de acordo com a nutricionista, estão os carboidratos (massas, pães, arroz), proteínas (carnes, aves e peixes), gorduras (também chamadas de lipídeos, presente em castanhas, azeite, por exemplo) e vitaminas. A proporção deve ser individualizada de acordo com a fase do tratamento e prescrita, sempre, por um nutricionista. E Ana Paula finaliza dizendo que “devemos sempre cuidar da nossa alimentação, afinal, ela ajuda a determinar o estado que o nosso organismo se encontra, é fundamental para o bem-estar, aumenta a imunidade e nos mantém no peso adequado”.

Diariamente o Hélio Angotti oferece aos pacientes quatro refeições: café da manhã, almoço, café da tarde e jantar.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias