Quarta, 21 de Abril de 2021
(34) 99869-4433
Anúncio
Cidade Bastidores

SPUTNIK VERDE E AMARELO

SPUTNIK

07/04/2021 03h00
Por: Euripedes Antonio Campos

SPUTNIK VERDE E AMARELO

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, nesta terça-feira (06), que uma equipe do governo brasileiro deve visitar a fábrica da vacina Sputnik V, na Rússia, para avaliar a possibilidade da fabricação do imunizante no Brasil.

 

BIO-MANGUINHOS

As duas linhas de produção da vacina contra covid-19 no Instituto de Biotecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos) já fabricam 900 mil doses por dia, segundo divulgou ontem (6) a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), à qual o instituto é vinculado. Nesse ritmo de trabalho, entre 5 e 6 milhões de doses são produzidas por semana na Fiocruz.

 

NA PAUTA

A Câmara dos Deputados iria votar ontem (6) o Projeto de Lei (PL) 948/21 que flexibiliza as regras para a compra de vacinas contra a covid-19 e autoriza a compra dos imunizantes por pessoas jurídicas de direito privado, como empresas. De acordo com projeto, o setor privado poderá fazer a importação direta das vacinas para aplicação em empregados e outros trabalhadores que lhes prestem serviços. O texto diz ainda que as empresas poderão deduzir integralmente, no Imposto de Renda (IR), as despesas com a aquisição dos imunizantes.

 

NA MIRA DO TCU

O subprocurador Lucas Rocha Furtado enviou na segunda (05), ao Tribunal de Contas da União, uma representação para que a corte analise a “natureza e a composição” das despesas do governo federal com as férias de fim de ano do presidente Jair Bolsonaro, que chegaram a mais de R$ 2,3 milhões.

 

IMÓVEIS FUNCIONAIS

Embora esteja em regime de home office, o Senado vai trocar camas e colchões dos imóveis funcionais usados por senadores. Um pregão eletrônico previsto para a semana que vem prevê a compra de dez conjuntos de cama box e colchão avaliados em R$ 2,6 mil cada, além do mesmo número de colchões a R$ 1,3 mil a unidade.

 

EMPATE

Uma pesquisa encomendada pelo Movimento Brasil Livre (MBL) aponta o apresentador e humorista Danilo Gentili com 4% das intenções de voto caso saísse como candidato a presidente da República em 2022. As informações são da colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo. Conforme a pesquisa do Institutos de Pesquisa & Estratégia (IPE), o humorista aparece empatado com Luciano Huck, João Doria, Luiz Henrique Mandetta e Ciro Gomes. Segundo o coordenador nacional do MBL, Renan Santos, a ideia de incluir o nome de Gentili em uma sondagem surgiu após uma campanha para lançar o humorista à sucessão de Bolsonaro pipocar nas redes.

 

AUXÍLIO EMERGENCIAL

O trabalhador que teve a nova rodada do auxílio emergencial negada tem até 12 de abril para contestar a decisão, informou o Ministério da Cidadania. Os pedidos devem ser feitos no Portal de Consultas da Dataprev, que fornece a relação de quem teve o benefício liberado em 2021.

 

MOVIMENTAÇÃO POLÍTICA

Fontes da COLUNA BASTIDORES na cidade das alterosas confirmaram que o radialista Tony Carlos (PTB) deverá ser candidato a deputado federal, e que o compromisso foi assumido após o término das eleições municipais.

 

TRAIDOR

Ex-candidatos a vereador pelo PDT estão mobilizando para criação de um novo grupo político. De acordo com as lideranças, o vereador eleito pelo partido não honrou compromissos com o partido e com as pessoas que lhe ajudaram, e agora só anda de salto alto.

 

NA MOITA

Vereadores novatos que iniciaram seus mandatos fazendo muito barulho nas redes sociais, já começaram a desaparecer. Mesmo com os gabinetes fechados, perceberam que não dão conta de atender os pedidos de empregos, casas da Cohagra...

 

SERVIÇO ESSENCIAL

Os vereadores de Belo Horizonte aprovaram nesta terça-feira (6), em primeiro turno, o projeto de lei de autoria do vice-presidente Henrique Braga (PSDB) que torna igrejas, templos e santuários religiosos “como serviço essencial, de modo a permanecer aberto e prestando assistência espiritual e assistencial as comunidades religiosas”.  O segundo artigo do texto determina, ainda, que as medidas sejam de implantação imediata conforme diretrizes e preceitos técnicos sanitários definidos pela prefeitura. Em Uberaba a bancada evangélica tenta aprovar projeto semelhante.

 

ABRIL MUITO DURO

“Todo mundo que entra no hospital demora cerca de 15 dias para, ou evoluir a óbito, ou ter alta. Nós ainda vamos ter um mês de abril muito duro. Acredito que em maio a gente consiga ter uma queda mais significativa dos óbitos. Mas ainda vamos variar com muitas mortes no mês de abril inteiro”, prevê o secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti. Por isso ele pede à população: “não frequente esses ou outros locais com aglomerações”, pede, reforçando que com Minas apresentando o maior número de pacientes internados nos leitos de CTI dos hospitais públicos e particulares, os dados de mortes entre os mineiros, em razão do coronavírus, tendem a seguir crescendo durante o mês de abril. A perspectiva de melhora é somente no mês seguinte, ou seja, em maio.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias