Quarta, 21 de Abril de 2021
(34) 99869-4433
Anúncio
Política Política

Uberaba tem 38 pacientes na fila à espera de leitos

Pacientes

07/04/2021 03h00
Por: Euripedes Antonio Campos
Hospital Regional é o principal centro para tratamento da covid em Uberaba - Foto: André Santos/PMU
Hospital Regional é o principal centro para tratamento da covid em Uberaba - Foto: André Santos/PMU

Maria das Graças Salvador

 

Apesar de o governo de Minas ter dobrado o total de leitos de UTI e enfermaria, o Estado estava com 1.337 pessoas na fila de espera para internação, ontem (6). Deste total, 525 aguardam leitos de UTIs e 812 pacientes esperam vaga em enfermaria, segundo informou o governador Romeu Zema em suas redes sociais.

Uberaba está nestas estatísticas. Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde, o número de pacientes aguardando a enfermaria para tratar a covid-19 em Uberaba são 21. Já os pacientes que aguardam uma vaga em são cinco. Também pacientes não covid aguardam vagas para internação, sendo 12 pessoas. Ou seja, pelo menos 38 pessoas aguardam um leito em Uberaba para tratamento.

Minas Gerais tinha 2.072 leitos se UTI em fevereiro e passaram para 4.614 no início deste mês, um aumento de 122,68% nos leitos de UTI. Já em relação às enfermarias, no mesmo período, eram 11.625 leitos e em abril são 20.959, ou seja, 80,29%. Mesmo assim o aumento dos leitos não está conseguindo suprir a demanda de pessoas infectadas pela covid e mesmo por outras doença.

Segundo a Secretária de Estado de Saúde há 3.866 pacientes com covid-19 internados em UTIs do Sistema Único de Saúde (SUS) no Estado, e outros 2.780 com suspeita de infecção pelo coronvaríus estão hospitalizados em Centros de Tratamento Intensivo (CTI). 
A ocupação de leitos de alta complexibilidade exclusivos para a doença marca 94,24% nesta quarta, enquanto o total geral de vagas utilizadas é de 85,04%.

 "As unidades de Saúde nunca estiveram tão cheias em todas as regiões. Mais do que nunca, conto com o comportamento dos mineiros. Precisamos respeitar as medidas de segurança para controlar a disseminação do vírus e recuperar a nossa capacidade de atendimento aos doentes", disse o governador em seu perfil no Twitter.

Em Uberaba, para tentar suprir esta demanda e tentar desafogar as Unidades de Pronto-atendimento, a Secretaria de Saúde mantém abertas algumas Unidades Básicas de Saúde para atender pessoas com síndrome gripal, para receberem tratamento adequado, “sem a necessidade de procurar as UPAs, já que estas devem ser direcionadas para o atendimento de urgência e emergência”. A orientação é para que as pessoas com sintoma gripal leve como dor de cabeça, dor no corpo, febre, não sentir gosto e não sentir cheiro, deve procurar uma UBS mais próxima da sua casa. Caso esteja sentindo falta de ar ou dificuldade para respirar, aí sim, deve procurar uma UPA.

A preocupação entre especialistas é grande, porque projeções apontam que o mês de abril será mais letal que março, quando foram registrados recordes de óbitos. Nestes seis primeiros dias Minas já registrou 1.463 mortes. Em seis dias já foram 43 morte pela covid em Uberaba.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, nas últimas 24 horas foram 82 óbitos em Minas Gerais e 10.450 novos casos da covid. No acumulado já são 225.795 mortes e 1.169.489 casos da doença no Estado. A média móvel de mortes é 275, um crescimento de 36,8% em relação a 15 dias. A média dos últimos dias de casos é de 7.907. No dia 30 de março, era 10.242. Em Uberaba a taxa de letalidade na terça-feira era de 2.85% e a taxa de óbitos, 167.90.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias