Quinta, 13 de Maio de 2021
(34) 99869-4433
Cidade Cidade

Bradesco anuncia fechamento de agência e atendimento de caixas apenas na Agência Centro

Bradesco anuncia fechamento de agência

16/04/2021 03h00
Por: Euripedes Antonio Campos
Para diretoria do Sindicato dos Bancários, ação vai aumentar filas – que já dobram a esquina – e aglomerações e risco do coronavírus vai piorar - Foto: Sindicato dos Bancários
Para diretoria do Sindicato dos Bancários, ação vai aumentar filas – que já dobram a esquina – e aglomerações e risco do coronavírus vai piorar - Foto: Sindicato dos Bancários

O Banco Bradesco começou a divulgar internamente que irá fechar uma agência em Uberaba, a São Benedito, e também encerrar o atendimento através de caixas em outra (agência Fernando Costa). A medida está sendo tomada depois do banco lucrar quase R$ 20 bilhões o ano passado.

Fechar unidades e limitar atendimento provoca - a curto e médio prazo -, o fechamento de postos de trabalho e aumento de trabalho para os bancários das demais agências do banco.

Os clientes também são prejudicados. As filas na porta da agência Centro, da Leopoldino de Oliveira, que chega a dobrar a esquina nos primeiros dias da semana tende a aumentar e, produzir mais aglomerações.

Para a diretoria do sindicato, a medida, tomada neste momento é um reforço da contaminação do coronavírus em Uberaba.

 

Aproveitando a pandemia – “O Brasil vive uma situação totalmente contraditória: quanto mais um banco lucra, mais ele promove fechamentos e diminui os empregos onde atua”, avalia o presidente do Sindicato dos Bancários de Uberaba, Diego Bunazar. Para ele, o reflexo que a comunidade sente nas filas, é sentido muito antes pelos bancários com as demissões e fechamento de unidades.

Enquanto os lucros do banco vão se mantendo mesmo em plena pandemia, a onda de fechamentos das agências vai se acentuando em Uberaba. O Itaú já fechou duas agências na cidade nos últimos dois anos e até o Banco do Brasil (um banco público) entrou na onda com o fechamento da agência Abadia e (em breve) a do bairro Boa Vista. Nos dois bancos, as filas ficaram maiores.

A diretoria do Sindicato também alerta que os bancos estão aproveitando a pandemia para demitir os bancários e precarizar ainda mais o atendimento. No começo da pandemia em 2020, os bancos Itaú, Bradesco, Santander e Mercantil, fizeram um acordo com os sindicatos de não demissão neste período. O compromisso foi quebrado após três meses e as demissões e fechamentos de agência continuam acontecendo.

Por outro lado, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal fazem planos de demissões voluntárias e deixaram de repor os funcionários através dos concursos públicos.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias