Terça, 15 de Junho de 2021
(34) 99869-4433
Anúncio
Cidade Reflexão

Sendo Franco, é chegada a hora

Sendo Franco, é chegada a hora

27/04/2021 03h00
Por: Euripedes Antonio Campos

Julio Franco

 

Agradeço o jornal e a nobre editora. Buscaram a todo o custo, eternizar o lockdown, com toda a força espúria, o não a volta as aulas, de forma imbecil e absoluta o fique em casa, numa contumaz e asquerosa vontade, ver o Brasil quebrar.

Vale lembrar que, desde o começo das escolhas por presidentes, passamos por fhc minúsculo mesmo, por colorido, ex-presidiário, uma impichada, dois provisórios, e todos, sem exceção, a imperícia total e repleta de arrogância (a propósito, duas características de rasos). Durante todo este tempo, a população, abdicou de olhar os gastos públicos, se absteve de acompanhar a educação, virou o rosto para a saúde, e ficou vidrada na emissora ruim, péssima e de qualidade lastimável.

Agora que temos pela primeira vez um presidente do povo, todos são conhecedores de política, desde os mais mal intencionados, porque perderam as suas bocas, até os menos mal intencionados, por serem massa de manobra, restando os lúcidos em compreender o tamanho da lavagem cerebral feita por anos. É natural que o governo possa ter se equivocado ali ou aqui, sobretudo, por ter uma minoria raivosa em ver o sucesso deste governo.

Agora, se cuidem, porque a lei da inércia é absoluta, onde existe ação, acontece a reação. O governo federal, aturou até onde pode, se privou de usar artigos da constituição, confiando que as pessoas voltassem à mínima normalidade, no entanto, agora não adianta pedir desculpas. A inexorável vontade do povo, é ver Bolsonaro mais 4 anos, e custe o que custar, doa a quem doer, a democracia será mantida, ainda que para isto, alguns pouco inteligentes e interesseiros sejam depostos, pois, a família, a liberdade, a nação, a constituição, estão acima de tudo no plano da terra.

Sereno, firme, forte e pragmático, o governo dará a resposta a altura, na medida e forma apropriadas aos parasitas de plantão. Estes, irão sucumbir na escuridão, onde haverá ranger de dentes. Para a nação, muito amor, muita vacina, muita felicidade e muita paz. Posto isto, aguardar as próximas semanas, vem coisa boa demais aí. No mais, uma semana abençoada.

 

Julio Franco é analista financeiro, professor universitário e escritor

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias