Sábado, 15 de Maio de 2021
(34) 99869-4433
Saúde Saúde

SSPMU dá suporte a enfermeira acusada indevidamente após executar procedimento padrão

SSPMU dá suporte

27/04/2021 03h00
Por: Euripedes Antonio Campos

A técnica de enfermagem Terezinha de Fátima Oliveira Santos está recebendo assessoria jurídica do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SSPMU). Desde o final de semana passado, ela vem sendo acusada, indevidamente, pelas redes sociais, de realizar troca de agulhas na vacinação para a covid-19. Porém, a conduta da profissional, que é servidora efetiva há 28 anos, está correta e dentro do protocolo de vacinação.

Ela foi filmada, sem autorização, realizando procedimento padrão adotado na imunização, onde utiliza-se apenas uma agulha para retirar a dose do frasco e outra, para ministra o imunizante no paciente. 

Com as acusações, que a técnica de enfermagem vem recebendo, ela registrou um Boletim de Ocorrência e não está descartada uma ação judicial contra o autor da filmagem, que está em processo de identificação.

Terezinha se diz muito abalada com toda situação. Segundo ela, o trabalho é feito com a maior transparência, sendo supervisionado por uma enfermeira. “Nosso serviço é feito com muita responsabilidade e, não posso admitir questionar minha conduta, que vem sendo feita dentro do que é padronizado”, esclarece.

A servidora foi acolhida pela enfermeira Priscilla Amaral que está como responsável pela Associação de Enfermagem e recebeu atendimento da advogada Leide Léa Rodrigues da Cunha de Pádua, da Assessoria Jurídica do SSPMU. Para o presidente do SSPMU, Martinho Pereira, o Sindicato faz questão de acompanhar toda a situação e buscar as medidas cabíveis para proteger a servidora. Além disso, o Sindicato também deixou o psicólogo à disposição de Terezinha, caso tenha necessidade de terapia.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias