PMU
Certifica Minas

Cursos do Programa Certifica Minas serão expandidos na região

No início desta semana, 20 técnicos passaram pela capacitação realizada na Fazu

13/09/2019 06h00
Por: Redação
Programa Certifica Minas ganha uma abrangência regional - Foto: Divulgação
Programa Certifica Minas ganha uma abrangência regional - Foto: Divulgação

Diante da intensa procura e do sucesso do primeiro curso técnico sobre o Programa Certifica Minas - Escopo Frango Caipira, promovido pela Secretaria Municipal do Agronegócio - Sagri e Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento - Seapa na última semana em Uberaba, foi anunciado ontem, a realização de nova capacitação, dessa vez, com abrangência regional. A novidade foi confirmada durante reunião com a presença de representantes da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de MG (Emater), Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), Seapa e Sagri.

“Dentro do Programa Certifica Minas foi traçada a expansão da capacitação para consultores que atenderão aos municípios da região. Dessa vez, além da certificação do frango caipira, tendo Uberaba como a precursora do programa idealizado pela Sagri, serão aplicadas as técnicas para o escopo corte, leite e frutas”, explica o diretor do Departamento de Produção Agropecuária da Sagri, José Geraldo Borges Celani.

Conforme adiantou o zootecnista Francisco Lara, assessor técnico do Programa Certifica Minas, a previsão é que sejam disponibilizadas 50 vagas -30 para corte/leite e 20 para frutas- para os cursos que acontecerão em outubro, com data e local a serem definidos.

“As vagas serão direcionadas para técnicos ligados ao setor da agropecuária e que queiram prestar consultoria dentro do Programa Certifica Minas orientando os produtores sobre o processo para obtenção do selo dos escopos Frango Caipira, Gado de Corte e Leite e Frutas. Os certificados são emitidos pelo IMA”, declara Lara.

No início desta semana, 20 técnicos passaram pela capacitação realizada nas Faculdades Associadas de Uberaba - Fazu. A parte prática do processo foi aplicada na comunidade rural de São Basílio, sede do mini abatedouro de aves.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias