Eventos

Coluna social

Fabiana Silbor

Fabiana Silbor

Fabiana SilborFabiana Silbor é Professora Universitária, radialista, apresentadora de televisão, jornalista, palestrante, gestora empresarial, articulista e pesquisadora nas áreas de ciências sociais e empresariais. Referência midiática, ela está no Jornal de Uberaba há nove anos, com uma página que promove conteúdo exclusivo, reflexões modernas, complexas e com doses cítricas. Fabiana Silbor foi repórter e apresentadora das Redes Integração, afiliada Globo, e Bandeirantes de Televisão.

15/09/2019 06h00Atualizado há 10 meses
Por: Redação
Essa página hoje é galeria de arte. As fotos, premiadíssimas mundialmente, são do fantástico Alysson Oliveira. Obras icônicas, contemporâneas, produzidas sob o foco de uma nova linguagem visual, inventada pelo fotógrafo. A obstinação criativa e apaixonad
Essa página hoje é galeria de arte. As fotos, premiadíssimas mundialmente, são do fantástico Alysson Oliveira. Obras icônicas, contemporâneas, produzidas sob o foco de uma nova linguagem visual, inventada pelo fotógrafo. A obstinação criativa e apaixonad

Bem vindo.

Bem vinda.

Chegou o fim dos tempos para os estereótipos.

Crescemos ouvindo algumas pessoas dizerem que somos velhos para algo.

Desde criança abdicamos de direitos porque certa idade chegou.

Sobram pessoas rancorosas e egoístas nos dando ultimatos sobre o tempo.

Gente cristalizada na decepção, que põe a felicidade de castigo no passado.

Que limita o poder de criação aos outros e tira o viço dos sonhos.

É preciso combater esse padrão e esse tipo de criatura.

 

Outra conversa fiada é a de que o tempo muda tudo.

Nem sempre. Muitas pessoas seguem somando idade e ignorâncias.

Lucidez é fruto mais de autoevolução, do que da soma dos dias.

Porque o viver pode ser sábio ou tolo. Vai depender da escolha.

Na jornada de experiências, as decisões sobre como, mudam tudo.

São duas opções: viver e envelhecer ou morrer jovem.

E só há uma pergunta: como você quer envelhecer?

Algumas repostas são úteis: feliz, saudável, amável, seguro...

E parte dessas conquistas está na sua atitude agora.

A realidade da safra: livre arbítrio para plantar, justiça para colher.

Honestidade do universo em dar méritos a quem tem lealdade.

Envelhecer é um ato de amor, nobreza e sorte.

Todavia, além da genética, seu estado vai depender das suas rotinas hoje.

Em jogo: questões emocionais, físicas, psicológicas, espirituais, intelectuais...

 

É preciso compreender o pensamento dominante do momento 

O espírito do nosso tempo é ser jovem. 

E quem disse que isso é uma questão de idade?

O empreender do rejuvenescimento é particular e social.

Requer consumo consciente, a quebra de paradigmas, o entendimento digital.

A transformação é feita de pequenas mudanças. 

As quais, quando somadas, chamamos revolução.

 

O despertar de uma nova consciência merece empatia

Fortalecer a resiliência, dar poder à compaixão, é a vez do afeto.

Para ver o outro sem tanto rigor, baseado em um modelo ultrapassado.

Rugas, cicatrizes são mapas comprovadores do existir.

Então chega de desculpas. Ninguém liga para justificativas.

O que pulsa no coração vale mais do que a data na certidão de nascimento.

Faça acontecer o que você tanto espera. Seja a sua fonte de juventude.

 

Deixe um legado para a humanidade: seu exemplo.

Você nunca é velho para viver o que nascer para ser.

Sua marca. Sua missão.

Resiliência para vencer e compaixão pelos mal-amados. 

Siga confiante e dê passos de superação.

Deixe para traz as comparações e leve com você a gratidão.

Ah! Só tem uma coisa, realmente, velha: o preconceito.

A questão não está entre ser velho ou jovem.

Mas entre desistir ou ser feliz. 

 

 

Fabiana Silbor é Palestrante, Professora Universitária, Especialista em orientação estratégica de pessoas e empresas. 

  • Coluna social
  • Coluna social
  • Coluna social
  • Coluna social
  • Coluna social
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários