Coluna

Lawrence Borges

Fogo de Conselho

Fogo de Conselho

Fogo de ConselhoMatérias sobre os escoteiros por Lawrence Borges

22/09/2019 06h00
Por: Redação

Escotista do Espírito Santo concorre em prêmio nacional de Educadores

 

A educadora Juliana Rohsner, da cidade de Serra – ES está entre os 10 educadores finalistas do Prêmio Educador Nota 10 de 2019. A votação popular premiará uma ou um educador que, aos olhos do público, desempenha um trabalho de destaque no cenário nacional.

Juliana é diretora da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Jones José do Nascimento, que há pouco tempo foi considerada uma das mais violentas do estado capixaba. Os estudantes sofriam com o vandalismo, a indisciplina, problemas de aprendizagem. Ao assumir a diretoria, Juliana – que ingressou no Movimento Escoteiro aos 12 anos, como escoteira da Patrulha Órion do Grupo Escoteiro Martim Afonso (15º/RJ), de Niterói – utilizou muito do que ela havia aprendido nos tempos de escoteira e desenvolveu um projeto de conversa e envolvimento dos professores, pais e alunos. Posteriormente, como adulta e já no Espírito Santo, Juliana voltou ao Movimento em 2007, no G.E. Barão de Teffé (16º/ES), onde ficou até precisar se afastar devido a profissão.

Por meio do Grêmio Estudantil e do Conselho Escolar local as lideranças da Jones (como é chamada a escola) foram fortalecidas e foram traçadas novas metas e ações na área pedagógica. Com o tempo os resultados apareceram, com melhoras nas áreas de Língua Portuguesa, Matemática, entre outras.

A votação que escolheu Juliana como uma das 10 educadoras destaque em 2019 agora premiará um agente de educação por meio do voto popular. O concurso é o maior e mais importante prêmio da Educação Básica no Brasil, e reconhece profissionais da educação básica com projetos de destaque. A votação é pela internet.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias