Quarta, 25 de Maio de 2022
19°

Alguma nebulosidade

Uberaba - MG

Política Política

Lula em evento em Juiz de Fora: 'Vou fazer 40 anos em 4'

Lula em evento em Juiz de Fora: 'Vou fazer 40 anos em 4'

13/05/2022 às 04h00
Por: Redação
Compartilhe:
Ex-presidente Lula durante discurso em evento em Juiz de Fora (MG) - Foto: Lucas Almeida
Ex-presidente Lula durante discurso em evento em Juiz de Fora (MG) - Foto: Lucas Almeida

O ex-presidente Lula (PT) fez uma visita a Juiz de Fora, na Zona da Mata Mineira, nessa quarta-feira (11/5). Acompanhado da correligionária e prefeita da cidade, Margarida Salomão (PT), o atual pré-candidato do Partido dos Trabalhadores à presidência participou de encontros com prefeitos e vereadores da região e com líderes da educação e de movimentos sociais. 

Lula chegou a Juiz de Fora pela manhã, desembarcando no Aeroporto da Serrinha. Logo após, ele seguiu para o Memorial Presidente Itamar Franco, também conhecido como “Memorial da República'', onde se reuniu com reitores de universidades federais da região e representantes de diretórios estudantis. 

Na parte da tarde, o ex-presidente encerrou sua visita participando de um evento realizado pelo PT de Juiz de Fora na quadra do Sport Club. A cerimônia contou com a presença de organizações como o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), a União Nacional dos Estudantes (UNE) e o Levante Popular da Juventude. Estavam presentes também sindicalistas e políticos da região.

 Lula começou sua fala elogiando a trajetória de Margarida Salomão, relembrando o trabalho da prefeita como reitora da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). O pré-candidato recordou também o apoio que recebeu de eleitores da Zona da Mata em pleitos anteriores, dizendo que a relação com a região vem “desde a eleição de 1989”.

Mencionando Bolsonaro, Lula criticou a estratégia de enfrentamento da COVID-19 adotada pelo governo federal e a alta nos preços dos alimentos, e disse que o atual presidente terá uma “resposta nas urnas”. “O Bolsonaro fala em golpe. Ele vai sofrer um golpe dia 2 de outubro. Um golpe democrático, popular”, assegurou o pré-candidato. 

Apesar de ainda não poder fazer promessas de campanha, Lula se comprometeu a ampliar o funcionamento do aeroporto de Juiz de Fora, caso ganhe. Citando o plano de ação "Cinquenta anos em cinco", de Juscelino Kubitschek, o petista afirmou que vai fazer o Brasil crescer “quarenta anos em quatro”. “Eu tenho que fazer mais do que eu já fiz”, refletiu. 

Se dirigindo diretamente aos “empresários”, Lula pediu que parassem de “tentar privatizar as nossas empresas públicas”. Ele citou os processos de privatização da Eletrobras e dos Correios e disse que não vai permitir que iniciativas do tipo cheguem a outras estatais, como a Petrobras. 

Entre os apoiadores nas arquibancadas, o clima era de “já ganhou”. Lideranças pediram que os presentes fizessem campanha boca a boca em seus círculos sociais, para garantir uma vitória já no primeiro turno. Antes e depois do evento, a plateia cantou os jingles da campanha e entoou mensagens de apoio, dizendo que o ex-presidente é o “guerreiro do povo brasileiro”.

 Lula encerrou sua fala assegurando um retorno à região da Zona da Mata durante a campanha eleitoral. Após o término do discurso, por volta das 18h, a quadra foi esvaziada e a entrevista coletiva do ex-presidente, que estava programada para acontecer logo depois da cerimônia, foi cancelada, sem maiores explicações.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberaba - MG Atualizado às 22h50 - Fonte: ClimaTempo
19°
Alguma nebulosidade

Mín. 13° Máx. 29°

Qui 29°C 13°C
Sex 29°C 14°C
Sáb 31°C 15°C
Dom 32°C 15°C
Seg 33°C 14°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias