Cria Criança
Coluna

Política

Cláudio Humberto

Cláudio Humberto

Cláudio HumbertoCláudio Humberto Rosa e Silva é um jornalista brasileiro, colunista e editor-chefe do Diário do Poder, responsável pela ascensão de Fernando Collor de Mello no cenário político nacional. Sua coluna é reproduzida em jornais de todo o Brasil.

09/10/2019 06h00
Por: Redação

“O MDB não é nenhum tribunal”

Deputado Baleia Rossi (SP), presidente do MDB, e o futuro de filiados sob suspeita

 

Lula levou 10% do lucro do BTG com vazamento

A informação privilegiada sobre a queda da taxa de juros Selic, vendida pelo ministro Guido Mantega ao banco BTG, de André Esteves, operou um “milagre” em 2011: da noite para o dia, entre 31 de agosto e 1º de setembro, o Fundo Bintang, administrado pelo BTG, saltou de 252,84% de rentabilidade acumulada para 335,76%. O ex-ministro Antonio Palocci confessou à Polícia Federal que a mutreta rendeu a Lula 10% dos lucros do BTG e R$9,5 milhões à campanha de Dilma, em 2014.

 

Crescimento vertiginoso

Em menos de três meses, conforme Palocci, o patrimônio do Fundo Bintang cresceu “vertiginosamente” de R$20 para R$38 milhões.

 

Estrela que rouba

O esquema é investigado na operação “Estrela Cadente”, 66ª fase da Lava Jato, deflagrada quinta (3) pela PF e Ministério Público Federal. 

 

Eles meteram a mão

Enquanto o BTG faturava milhões em um dia, a rentabilidade do CDI, atraente aplicação no mercado financeiro, foi de 11,81% para 11,84%.

 

Está tudo no Anexo 9

Os detalhes da venda de informações privilegiadas ao BTG estão no Anexo 9 (VIª parte) da delação de Palocci, à qual tivemos acesso.

 

Campanha pela reforma pode; contra o crime, não

Para explicar detalhes do projeto, Michel Temer destinou R$20 milhões à campanha publicitária da reforma da Previdência, sem contestação nem mesmo do PT, que o chamava de “golpista”. Já campanha de esclarecimento do Pacote Anticrime do ministro Sérgio Moro (Justiça), que fecha o cerco a bandidos em geral e corruptos em particular, sofre tentativas de sabotagem por meio de representação no Tribunal de Contas da União (TCU). Fica parecendo reação do mundo do crime.

 

Olha quem resiste

Os autores da ação no TCU contra publicidade do pacote Anticrime são políticos aliados de Lula, político corrupto condenado por Sérgio Moro.

 

Por que só com Moro?

Já no atual governo Bolsonaro, uma campanha publicitária difundiu os pontos mais importantes do projeto de reforma da Previdência.

 

Sem aval de Vital

No governo, ninguém acredita que, mesmo citado na Lava Jato, o ministro Vital do Rêgo avalize os sabotadores do Pacote Anticrime.

 

Deus castiga, senhores

A Ira Santa pode tornar desconfortável a travessia do oceano pelos deputados que vão torrar dinheiro público para aparecer na foto da canonização da Irmã Dulce. Serão  dias em Roma, tudo pago pelo dinheiro escasso para os pobres que fizeram da Irmã Dulce uma santa.

PODER SEM PUDOR

Dialética do trabuco

Na campanha para presidente de 1960, Jânio Quadros foi a um comício em Aimorés (MG), onde o clima andava tenso entre facções da UDN e PSD. Assim que começou, José Aparecido de Oliveira foi com o deputado Padre Godinho à barbearia. Quando um fazia barba e outro cortava o cabelo, tiros foram ouvidos. Godinho decidiu sair da barbearia e Aparecido ponderou: “Não vá, eles continuam atirando!...” O religioso sacramentou: “Vou, é meu dever de sacerdote. Preciso dar extrema-unção ao Jânio...”

 

Com André Brito e Tiago Vasconcelos

www.diariodopoder.com.br

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias