Cria Criança
Justiça

Advocacia-Geral mantém multa de R$ 12 milhões aplicada à Cemig

A Cemig havia ajuizado uma ação com o objetivo de anular auto de infração

09/10/2019 06h00
Por: Redação
(Foto: Sérgio Moraes/AGU)
(Foto: Sérgio Moraes/AGU)

A Advocacia-Geral da União (AGU) conseguiu manter na Justiça multa de R$ 12 milhões aplicada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) à Cemig Distribuição S/A devido a irregularidades encontradas na fiscalização da área econômico-financeira e patrimonial da concessionária no período de 7 a 25 de janeiro de 2013. A Cemig havia ajuizado uma ação com o objetivo de anular auto de infração e impedir a inscrição do seu nome no Cadastro de Inadimplentes (Cadin) da Receita Federal.

A empresa afirmava que o processo administrativo relativo às infrações teria ficado paralisado por mais de três anos e que, por isso, teria prescrito. Alegava, ainda, que havia decadência no direito de punir por parte da Aneel devido a desrespeito de prazos previstos na Resolução nº 63/2004. A concessionária alegava, por fim, que a agência havia descumprido o regimento interno ao não apresentar um parecer jurídico da procuradoria antes de o órgão proferir a decisão com a aplicação da multa. Subsidiariamente, a Cemig pleiteava a redução da multa, alegando ofensa aos princípios da razoabilidade e da proporcionalidade.

1comentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias