Cria Criança
Cruzeiro

“O peso está grande”, desabafa Abel Braga

Já são sete jogos seguidos sem vitória do Cruzeiro

11/10/2019 06h00
Por: Redação
“Sei que está sendo difícil, mas não vamos nos entregar”, disse o técnico do Cruzeiro Abel Braga - Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro
“Sei que está sendo difícil, mas não vamos nos entregar”, disse o técnico do Cruzeiro Abel Braga - Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Abel Braga estava abatido na entrevista coletiva após o empate por 0 a 0 com o Fluminense, no Mineirão. Já são sete jogos seguidos sem vitória do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro. Sequência que afunda o clube na zona do rebaixamento, na antepenúltima colocação. Série que coloca um peso sobre o time, que, segundo Abel, tem sentido a pressão.

“Tem que ganhar, por isso não quero falar muito. Não posso nem enganar vocês, se eu falar mentira para vocês, estou falando mentira para os meus torcedores. O peso está grande. Enquanto não acontecer essa vitória, a coisa vai se complicando. É menos um jogo. Tem de sair esse peso, que está tendo influência, sem dúvida”, disse Abel Braga.

Para aumentar a pressão em cima do Cruzeiro, a equipe tem visto concorrentes diretos reagirem no Campeonato Brasileiro. O CSA, primeiro clube fora do Z-4, vem de duas vitórias seguidas. O time alagoano foi a 25 pontos e abriu quatro pontos do Cruzeiro.

“O emocional vem com o passar do tempo. A gente precisa fazer um gol na frente, porque aí os caras vão ter de se atirar. E nós estamos nos atirando todo jogo. O chato, o desagradável, é que não fizemos nossa parte, mas o CSA fez, não importa se o Inter estava completamente desfalcado. Eles fizeram a parte deles. A preocupação é grande. O Cruzeiro teve quatro vitórias até agora”, declara.

Restam 14 rodadas para o término do Campeonato Brasileiro. O Cruzeiro soma 21 pontos. Historicamente, um clube evita a queda com 45 pontos. A caminhada vai ser dura, mas Abel garante que ninguém vai desistir.

“Eu sei do tamanho, mas não sei te precisar exatamente o quanto está sendo para os jogadores. Sei que está sendo difícil. Mas não vamos nos entregar. Não pense você que vim pra cá preocupado com a situação do Cruzeiro. Eu vim sabendo. Estou passando por uma experiência única. Eu não pego nada no meio, peguei porque confio nos atletas. Confio no que me foi passado. Confio na torcida. Fiz pedido de comparecimento e me surpreendeu. Ninguém acredita, ninguém está acreditando, mas nós não vamos deixar de acreditar. Não tenha dúvida”, finaliza.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias