PMU
Cláudio Humberto

Cláudio Humberto

Cláudio Humberto

Cláudio Humberto

Cláudio HumbertoCláudio Humberto Rosa e Silva é um jornalista brasileiro, colunista e editor-chefe do Diário do Poder, responsável pela ascensão de Fernando Collor de Mello no cenário político nacional. Sua coluna é reproduzida em jornais de todo o Brasil.

01/08/2019 06h00
Por: Redação

“Tenho uma relação fantástica com o seu presidente”

Presidente dos EUA, Donald Trump, comenta relação com o presidente Jair Bolsonaro

 

Governistas dominam redes sociais nas últimas 72h

Apesar do “recesso branco” e do clima de férias no Congresso, os parlamentares governistas concentraram os esforços nas redes sociais. Governistas lideram o volume de publicações, curtidas, comentários e até interações dos próprios deputados e senadores com seguidores no Facebook, Twitter e Instagram, segundo levantamento do site Diário do Poder sobre a performance online de políticos nos últimos três dias.

 

Maior atenção

O post mais comentado foi da líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann, contra críticas da atriz Lucélia Santos sobre o governo.

 

Volume importa

Carla Zambelli (PSL-SP) fez 115 publicações; é a mais ativa com seu Twitter. Mas entre os dez mais ativos, há quatro deputados do PT.

 

Interação com o eleitor

O líder do governo na Câmara, deputado Delegado Waldir (PSL-GO), é quem mais interagiu com seus seguidores: quase 400 vezes.

 

Mais seguido

Marco Feliciano (Pode-SP) lidera entre parlamentares mais seguidos ou curtidos, diz o levantamento: 4,3 milhões só no perfil do Facebook.

 

DF vai demitir 120 funcionários após processos

Será anunciado nesta quinta-feira (1º) pela Controladoria-Geral do Distrito Federal, segundo documentos aos quais esta coluna teve acesso exclusivo, a demissão de 120 funcionários distritais por diversos motivos, incluindo abandono de cargo, atestados falsos, assédio sexual em escolas, servidores sócios de empresas fornecedoras do governo, entre outros. As demissões tiveram origem em processos disciplinares.

 

Pendências

Foram concluídos 142 processos disciplinares pendentes da gestão anterior do DF, sob o ex-governador Rodrigo Rollemberg (PSB).

 

Processo andou

Há processos parados há quatro anos. Um dos demitidos, por exemplo, é médico da rede pública e sócio de empresa fornecedora de hospitais.

 

Caso absurdo

Um dos casos é de um professor da rede pública demitido por assediar sexualmente uma ex-aluna que é deficiente auditiva.

 

Longo recesso

Amanhã deveria ser o primeiro dia de deputados e senadores de volta ao batente, segundo manda a Constituição. Mas já que não houve recesso formal, apenas “branco”, o trabalho só recomeça na terça (6).

 

Mudança no TSE

A próxima presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministra Rosa Weber, irá empossar, na quinta (1º), o advogado Carlos Mário Velloso Filho no cargo de ministro substituto do TSE. Ele foi escolhido em lista tríplice elaborada pelo STF e nomeado pelo presidente Bolsonaro.

 

Defunto não reclama

Moura Cavalcanti era governador de Pernambuco quando um jovem parente de quem não gostava concluiu Medicina. Ele comentou com o secretário de Planejamento, Luiz Otávio: “Já sei o que vai acontecer. Este garoto não tem consultório e vou ter que acabar nomeando-o para algum lugar no governo do Estado.”

“Há um jeito de amenizar o problema...”, disse Otávio.

“Qual?” animou-se Cavalcanti.

“O senhor pode nomeá-lo médico legista. Pelo menos os pacientes não vão reclamar.”

Com André Brito e Tiago Vasconcelos

www.diariodopoder.com.br

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias