Polícia

Patrulha de Violência Doméstica da PM será expandida em Minas

Uberaba ainda não tem a patrulha

13/10/2019 06h00
Por: Redação
Patrulha busca a redução dos crimes violentos com motivação passional, sem deixar de lado o apoio às mulheres - Foto: Divulgação/PMMG
Patrulha busca a redução dos crimes violentos com motivação passional, sem deixar de lado o apoio às mulheres - Foto: Divulgação/PMMG

Importante projeto que visa a reduzir os crimes e, principalmente, amparar as vítimas, a Patrulha de Violência Doméstica da Polícia Militar será expandida em Minas. Atualmente, o programa está presente em 31 cidades. O número de municípios que passarão a contar com o serviço, no entanto, não foi informado. Militares terão um treinamento específico para atuar nos casos.

Uberaba ainda não tem a patrulha e não foi informado se o serviço virá para o município.

O objetivo do projeto é busca a redução dos crimes violentos com motivação passional, sem deixar de lado o apoio que as mulheres necessitam, seja psicológico, social ou jurídico, já que na maioria dos casos, o ciclo de violência vem sendo vivido há anos por essas vítimas e seus familiares.

Pelo programa, após receber as denúncias, os agentes de segurança partem em busca da identificação do agressor e fazem visitas na casa das mulheres. Os policiais apresentam a Lei Maria da Penha e as medidas protetivas a que elas têm direito. 

Além disso, para reduzir as estatísticas, a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) atua na integração entre as polícias Militar e Civil. A pasta irá promover, em novembro, um treinamento para capacitar os agentes públicos no combate à violência doméstica.

A capacitação visa a melhorar o contato com as vítimas das agressões, com mais amparo psicológico. A informação é do titular da Sejusp, general Mário Lúcio Alves de Araújo. “É para refinar o treinamento dos policiais no trato dessas questões, preparando-os em melhores condições para entender as nuances e as características desse tipo de crime”, explicou.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias