Recursos

HC-UFTM recebe recursos de mais de R$ 2,2 milhões

Ao todo, R$ 238,6 milhões foram repassados ao longo de 2019 para 48 hospitais universitários de todo o país

07/11/2019 06h00
Por: Redação
HC-UFTM recebe a terceira parcela do Rehuf que será destinada à compra de insumos, medicamentos e materiais médico-hospitalares - Foto: Divulgação
HC-UFTM recebe a terceira parcela do Rehuf que será destinada à compra de insumos, medicamentos e materiais médico-hospitalares - Foto: Divulgação

 

Maria das Graças Salvador

Hospitais Universitários de 22 estados e do Distrito Federal contarão com recurso de R$ 79,5 milhões da terceira e última parcela anual, disponibilizada pelo Ministério da Saúde para melhoria dos atendimentos de saúde e para a reestruturação dos seus serviços. Ao todo, R$ 238,6 milhões foram repassados ao longo de 2019 para 48 hospitais universitários de todo o país. O recurso pode ser usado para auxiliar no funcionamento dos serviços de ensino (consultas, cirurgias e internações), comprar materiais médico-hospitalares como anestésicos, seringas e medicamentos, ou ainda em atividades vinculadas ao ensino, como pesquisa e extensão.

Nesta terceira e última parcela, na região Sudeste terá disponível, R$ 23,9 milhões, para 16 instituições de ensino. Na região Norte, quatro instituições receberão R$ 3,6 milhões. Na região Nordeste, R$ 28,3 milhões serão disponibilizados à 17 instituições. A região Centro-Oeste receberá R$ 9,5 milhões para cinco intuições. Já a região Sul, ficará com R$ 14 milhões para seis hospitais.

Em Minas Gerais, quatro instituições serão beneficiadas: o Hospital das Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM) receberá R$ 2.217.764,58. O Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU) receberá R$ 3.799.484,80. Já o Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais (HC-UFMG) ficará com a fatia de R$ 3.831.270,45, enquanto o Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Juiz de Fora (HC-UFJF) receberá R$ 911.859,16.

Os recursos são pagos pelo Ministério da Saúde para as instituições que comprovaram o cumprimento das metas de qualidade relacionadas ao porte e perfil de atendimento, como ampliação de consultas e exames, capacidade de gestão, desenvolvimento de pesquisa e ensino e integração à rede do SUS. Os pagamentos são efetuados pelo Fundo Nacional de Saúde conforme comprovação dos gastos.

Segundo a assessoria do HC-UFTM, os recursos são destinados aos hospitais conforme um planejamento prévio que leva em conta a previsão orçamentária anual de cada hospital e que a verba é destinada à compra de insumos, medicamentos e materiais médico-hospitalares. Já o HC-UFU informa que destinará a verba para pagamento de contratos e compra de medicamento.

Vale lembrar que na primeira parcela o HC-UFTM recebeu, em abril, R$ 2.384.432,19 para custeio e R$ 687.304,26 para investimentos. Já na segunda parcela foram destinados R$ 2.463.219,59 para o Hospital de Clínicas da UFTM, em outubro.

 

Rehuf – Os recursos fazem parte do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf) e pretende qualificar e ampliar cada vez mais a capacidade de atendimento dos hospitais universitários federais e leva em consideração as necessidades levantadas pelos gestores do Sistema Único de Saúde (SUS) nas esferas estaduais e municipais, em articulação com o Ministério da Educação que define os projetos a serem executados.

Instituído em 2010, o Rehuf é uma iniciativa dos Ministérios da Saúde e Educação para auxiliar os hospitais universitários federais no planejamento de suas funções em relação ao ensino, pesquisa, extensão e assistência à saúde.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias