Política

Residencial Rio de Janeiro ganha UBS e escola municipal

Para o secretário de Saúde Iraci Neto a obra vem realizar um grande sonho e terminar com o anseio de quase 12 mil pessoas que residem no Rio de Janeiro

08/11/2019 06h00Atualizado há 3 dias
Por: Redação
Prefeito Paulo Piau assina ordem de serviço para a construção da UBS do Rio de Janeiro - Foto: André Santos/PMU
Prefeito Paulo Piau assina ordem de serviço para a construção da UBS do Rio de Janeiro - Foto: André Santos/PMU

A Prefeitura de Uberaba, por meio da Secretaria de Saúde visando o bem estar dos moradores do Residencial Rio de Janeiro “A, B e C” e Isabel do Nascimento, assinou na quarta-feira (6) a ordem de serviço da Unidade Básica de Saúde do Residencial Rio de Janeiro. Também foi oficializada a entrega de certificados aos alunos dos cursos de capacitação do Senac, em parceria com a Companhia Habitacional do Vale do Rio Grande - Cohagra.

A ordem de serviço foi assinada pelo prefeito Paulo Piau no Circo do Povo com a presença do vice-prefeito João Gilberto Ripposati, secretários, vereadores e demais autoridades, além da comunidade. A obra para construção da UBS do Residencial Rio de Janeiro já está iniciada com serviço de terraplanagem, sendo executado através de recursos provenientes de emenda parlamentar do ex-deputado federal e atual secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Marcos Montes, no valor de R$1.045.000,00 com a contrapartida do município no valor de R$ 41.608,20, totalizando o investimento no valor de R$ 1.086.608,20.

“A prefeitura está assumindo uma responsabilidade que desde o início dos bairros Rio de Janeiro e Izabel do Nascimento já era para os recursos estarem disponíveis para os equipamentos sociais. Mas o que vale é que a construção da UBS será de suma importância para esses moradores e em breve vamos anunciar a chegada da escola também” declara o prefeito de Uberaba, Paulo Piau.

Para o secretário de Saúde Iraci Neto a obra vem realizar um grande sonho e terminar com o anseio de quase 12 mil pessoas que residem no Rio de Janeiro e Izabel do Nascimento. “Fizemos um grande esforço de buscar emendas parlamentares, especificamente do ex-deputado federal e atual secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Marcos Montes que disponibilizou recursos para execução da obra e assim podermos equipar a unidade de saúde que será Porte 3 com todos os serviços da Atenção Básica para atendimento dessa comunidade. A obra já está iniciada na terraplanagem, com recurso garantido no Ministério de Saúde, então esse anuncio nos deixa muito feliz. A partir de amanhã a empresa vencedora já pode mobilizar sua equipe e iniciar as obras e cumprir o cronograma proposto, mesmo nesse início de período chuvoso.

 

Piau anuncia escola para o Residencial Rio de Janeiro

Escola no Residencial Rio de Janeiro será uma realidade. O prefeito Paulo Piau anunciou a novidade para a comunidade e garantiu que, mesmo sem o aporte do Governo Federal, a escola será construída. Cabe lembrar que em anos anteriores a União havia afirmado que o recurso seria repassado para a construção, no entanto, isso nunca aconteceu.

“Sabedores da necessidade desta comunidade, todos os esforços foram feitos e agora esta escola será uma realidade. Fizemos o que foi possível junto ao Governo Federal, no entanto, não conseguimos que o recurso viesse. O País em crise e houve cortes significativos em todas as áreas, o que prejudicou este projeto. Mas, para nosso governo, Educação é prioridade e por isso, vamos dar início à obra da escola”, afirmou o prefeito.

Aplaudido pela população, que recebeu a notícia juntamente com a informação da construção de uma Unidade Básica de Saúde, em evento realizado no Circo do Povo, o prefeito informou ainda, que a escola de ensino fundamental terá 12 salas e que poderá abrigar até 300 crianças em tempo parcial. Cabe lembrar que são transportados centenas de alunos do residencial para outras unidades da rede pública. Além de trazer comodidade aos alunos, a construção da escola, também terá impacto no investimento feito em transporte escolar.

A autorização será homologada hoje, no valor de R$ 3,3 milhões, com recursos próprios, ou seja, fonte 100. Com mais esse anúncio, o governo municipal cumpre um compromisso assumido com a população. Até agora, em sete anos de atuação, foram 13 escolas construídas, mais de 40 reformas e ainda há previsão de mais escolas para outras localidades, que já estão em construção ou aprovadas (algumas aguardando verbas federais desde 2017).

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias