Turismo

Nova York: a cidade em constante ebulição

Nova York surpreende turistas e moradores com suas incessantes transformações

10/11/2019 06h00
Por: Redação
Nova York, a cidade que nunca dorme, também não para de se reinventar. Um prédio de escadas que formam uma escultura, uma linha férrea convertida em parque público, uma área industrial que se tornou um dos principais mirantes do skyline nova-iorquino, um
Nova York, a cidade que nunca dorme, também não para de se reinventar. Um prédio de escadas que formam uma escultura, uma linha férrea convertida em parque público, uma área industrial que se tornou um dos principais mirantes do skyline nova-iorquino, um

Nova York, a cidade que nunca dorme, também não para de se reinventar. Um prédio de escadas que formam uma escultura, uma linha férrea convertida em parque público, uma área industrial que se tornou um dos principais mirantes do skyline nova-iorquino, um memorial que reverencia o passado e aponta para a esperança do futuro. Todas essas atrações se somam à Quinta Avenida, Times Square e Broadway, numa Nova York que surpreende turistas e até moradores com suas incessantes transformações. 

Era uma linha de trem abandonada. Virou o The High Line Park, um parque público linear suspenso, com espaços criados especialmente para contemplar a vista, a arquitetura e a arte urbana. Pelos 2,5 quilômetros da antiga linha férrea, construída sobre as ruas de West Side, uma Nova York diferente vai se revelando a cada passo. O High Line se tornou uma inspiração mundial sobre como áreas industriais abandonadas podem se tornar espaços públicos dinâmicos.

Ali, caminhar vira sinônimo de contemplar. Ora a surpresa vem do desenho dos arranha-céus na paisagem, dos painéis de grafite ou da vista do Rio Hudson. Ora são as esquinas da cidade vistas de cima, as esculturas nos platôs, o vaivém dos pedestres nas ruas, os táxis amarelos, os prédios de tijolinho da Nova York– dos filmes. Por vezes, nos sentimos quase dentro das varandas de edifícios de luxo em Manhattan, já que o The High Line fica a 10 metros de altura.

A mobilização popular livrou da demolição a antiga linha de trem e levou o esqueleto a se tornar, em 2009, um parque público que une natureza, arte e design. O prefeito Rudolph Giuliani chegou a assinar a ordem de demolição, mas, vendo o potencial da área, escondida da maioria da população, moradores fundaram o ONG Amigos do High Line, para lutar por sua conservação.

A construção da linha suspensa, erguida em 1924, ocorreu para evitar mais mortes provocadas pela passagem de trem em meio à área urbana. Por mais de 20 anos, o local ficou em desuso, com a interrupção do transporte ferroviário em 1980.

Com a ideia da criação de um parque, uma consulta pública foi feita para que interessados pudessem enviar sugestões sobre a destinação do espaço. A Amigos do High Line recebeu 720 ideias vindas de 36 países. Houve projetos que propuseram até uma montanha-russa e piscina pública sobre os trilhos.

A transformação manteve a atmosfera original da ferrovia, com vegetação típica das margens das linhas de trem e o plantio de milhares de outras espécies. Milhares mesmo: são mais de 110 mil plantas ao longo do parque, que pode ser acessado por escadas ou elevadores públicos.

Uma dica é conciliar a ida à High Line com a visita ao Chelsea Market, mercado situado bem próximo, numa área de Manhatan conhecida como Meatpacking District, mais especificamente na 9th Avenue, entre as ruas 15th e 16th. Antiga fábrica de biscoitos, o mercado conta com 35 lojas com todo tipo de comida. Além de lanchonetes, restaurantes e confeitarias há lojas de artesanato e mercearias. O local recebe mais de 6 milhões de visitantes ao ano. O prédio abriga também grandes empresas, como o Google.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias