Prefeitura - Carnaval
Coluna

Política

Cláudio Humberto

Cláudio Humberto

Cláudio HumbertoCláudio Humberto Rosa e Silva é um jornalista brasileiro, colunista e editor-chefe do Diário do Poder, responsável pela ascensão de Fernando Collor de Mello no cenário político nacional. Sua coluna é reproduzida em jornais de todo o Brasil.

26/11/2019 06h00
Por: Redação

“É a mesma coisa que amarrar um cachorro com linguiça”

Senadora Soraya Thronicke (PSL-MS) sobre a PEC da petista Gleisi Hoffmann que permite que emendas parlamentares seja transferidas sem finalidade específica

 

Brasil pode ter mais de 100 partidos em 2020

O imbróglio envolvendo o uso de meios eletrônicos para validar o apoio à criação de partidos políticos pode facilitar a conclusão dos 76 pedidos de criação atualmente em tramitação no Tribunal Superior Eleitoral sem contar o Aliança, lançado pelo presidente Bolsonaro semana passada. Caso seja aceito o uso de aplicativos, sites ou a biometria da própria Justiça Eleitoral, as eleições 2020 podem contar com até 109 legendas.

 

Mudança importante

Os 77 possíveis novos partidos se somariam aos 32 registrados no TSE e criariam um problema: seus números passariam a três dígitos.

 

Tudo para dar certo

Os críticos das “ideologias” usadas para criar os partidos vão à loucura. Os eleitores podem ter que votar no Animais, Piratas ou Iguais.

 

Política e futebol

Um pedido de registro chamou atenção por aliar temas polêmicos como política e futebol: o Partido Nacional Corinthiano está na lista do TSE.

 

Os últimos

O último partido criado é o Rede de Marina Silva, em 2015. Antes, o Solidariedade em 2013 e o Patriota (ex-Ecológico Nacional) em 2012.

 

Bolsa a 120 mil pontos estará no nível do ‘milagre’

A bolsa de valores flerta com os 110 mil pontos e mostra que o apetite dos investidores voltou. Para o professor do Ibmec Walter Franco, se o índice bater os 120 mil pontos, será equivalente à época do “milagre”. Em 2010, Lula usou a lorota da marolinha e facilitou o endividamento dos brasileiros para aquecer a economia. Resultado: a bolsa a 72 mil pontos e o PIB de 7,5% deram falsa aparência de que estava tudo bem e o Brasil levou quase uma década para se recuperar e pagar a conta.

 

Governo ajudou

Franco lembra que o investimento nas ações negociadas na bolsa depende mais das condições das empresas, mas as reformas ajudam. 

 

Vem mais por aí

As reformas microeconômicas como a tributária e a administrativa devem ajudar a economia e a bolsa a atingir os 120 mil pontos, avalia.

 

Quem diria

Lula ajudou a bolsa em outras oportunidades. No dia da condenação no TRF4, que o tirou da disputa eleitoral, a bolsa foi a 83,6 mil pontos.

 

Pule de dez

Tem agradado ao Planalto a atuação do senador Eduardo Gomes (MDB-TO) como líder do governo. Tanto que, no Congresso, já se tem praticamente a certeza de que ele só não vira ministro se não quiser. 

 

Barraqueira de plantão

A deputada Maria do Rosário (PT-RS), sempre à beira de um ataque de nervos, afeita a confusões já ganhou apelido de “Maria do Bairro” dos próprios colegas do partido. Mas ela não sabe, senão faz barraco.

PODER SEM PUDOR

Voto por procuração

Durante a votação da medida provisória que criava a Secretaria de Ações de Longo Prazo, a “Sealopra”, o ministro Hélio Costa (Comunicações) telefonou ao senador Wellington Salgado (PMDB-MG), seu suplente, para pedir voto a favor do governo. Era tarde, mas o ministro não sabia, nem deixou Salgado falar, pedindo seu voto. Ainda ponderou, com ar grave: “Lembre-se, seu voto é como se eu estivesse votando.” Wellington Salgado respondeu, para informar que a MP acabara de ser rejeitada: “Pois então saiba que você acabou de votar contra o governo...”

 

Com André Brito e Tiago Vasconcelos

www.diariodopoder.com.br

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias