Mosaic
Polícia

Empresário é flagrado por câmeras abusando de criança em shopping e é preso pela PM

A menina disse que foi a terceira vez em que aconteceu esse tipo de situação

26/11/2019 06h00
Por: Redação
Câmeras flagraram o crime dentro do elevador - Foto: Reprodução
Câmeras flagraram o crime dentro do elevador - Foto: Reprodução

Um empresário uberabense acabou preso pela Polícia Militar depois de ser flagrado por câmeras de segurança abusando sexualmente de uma criança de nove anos. O crime aconteceu no elevador de um shopping da cidade, onde segundo informações da Polícia Militar os funcionários do setor de monitoramento flagraram quando o empresário J.H.S.,  de 58 anos, entrou no elevador acompanhado da afilhada de nove anos.

Em determinado momento ele agarrou a menina por trás, começou a beija-la e passar as mãos nas partes íntimas. Na sequência os dois saíram do elevador e foram flagrados por câmeras de segurança saindo do shopping no veículo Toyota Corolla de cor prata, com placas de Uberaba pertencente ao empresário. Os funcionários acionaram a Polícia Militar (via 190) e os militares da 41 Companhia foram ao local e recolheram as imagens das câmeras de segurança. Eles fizeram levantamentos, descobriram o endereço do acusado e foram até uma casa na rua Doutor Victor Mascarenhas no bairro Fabrício e prender o empresário que estava sozinho com a criança na residência. Os policiais conversaram com a menina e ela disse essa foi a terceira vez em que aconteceu esse tipo de situação, que as duas primeiras aconteceram na casa do acusado na piscina e também na sala há cerca de 15 dias.

O empresário foi preso em flagrante e levado para a delegacia e apresentado à autoridade policial de plantão Leonardo Cavalcanti Rodrigues da Cunha que confirmou a prisão. Na manhã de ontem ele foi encaminhado para a Penitenciária Professor Aluízio Ignácio de Oliveira onde permanece a disposição da Justiça. (JC)

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias