Mosaic
Reforma

Prefeitura apresenta Projeto de Lei para restauração do Mercadão

O valor do financiamento é de R$ 5 milhões

27/11/2019 06h00
Por: Redação
O secretário de Agronegócio, Luiz Carlos Saad, destaca que o projeto é concebido com três pilares - Foto: Neto Talmeli
O secretário de Agronegócio, Luiz Carlos Saad, destaca que o projeto é concebido com três pilares - Foto: Neto Talmeli

A Prefeitura de Uberaba, por meio da Secretaria do Agronegócio, defende na Câmara Municipal hoje Projeto de Lei que autoriza o Poder Executivo a contratar operação de crédito para reforma e restauração do Mercado Municipal. O valor do financiamento é de R$ 5 milhões para diversas melhorias no prédio, envolvendo os projetos arquitetônico, urbanístico, hidrossanitário e elétrico, além da implantação do projeto de prevenção e combate a incêndios. 

O secretário de Agronegócio, Luiz Carlos Saad, destaca que o projeto é concebido com três pilares. “O primeiro é o apelo histórico que o Mercadão. O segundo é o turístico, pois é o local mais visitado de Uberaba hoje, e o terceiro apelo é o apelo comercial. Vamos mostrar esse projeto para a Câmara, ter essa discussão”, explica.

Segundo Saad, o valor para a reforma e restauração do Mercado Municipal foi levantado pela Secretaria de Planejamento dentro das especificações do projeto que deverá ser acompanhado e fiscalizado pela Seplan e Secretaria de Obras. “Acredito na aprovação por parte dos vereadores por ser um dos locais mais visitados de Uberaba. Este apelo histórico e turístico que temos no Mercado Municipal é fantástico”, enfatiza o secretário de Agronegócio. Ele informa ainda que a gestão e manutenção do Mercadão passará para a Associação dos Permissionários, permanecendo a Prefeitura responsável pelas concessões/permissão”, afirma.

 

Melhorias – Entre as mudanças previstas no projeto estão a adequação dos sanitários do mezanino com adaptação para pessoas com deficiência, redistribuição de boxes no mezanino com implantação de espaço para gastronomia, criação de novo refeitório, adequação do telhado e do sistema de calhas, recuperação do piso de paralelepípedo, implantação de nova sinalização de vagas de estacionamento e carga/descarga, implantação de bicicletário e nova delimitação de vagas para ônibus de turismo, substituição da tubulação e adequação às normas legislativas, captação de água da chuva para reutilização nos sanitários, iluminação com lâmpadas de LED e implantação de postes com energia fotovoltaica (energia solar) para iluminação da Praça, devendo gerar economia de 35% na energia elétrica, instalação de hidrantes e torre com caixa d’água e inserção de relógio, e ainda projeto de monitoramento por câmeras.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias