Coluna

Vinhos & tal

Carlos Alberto Pereira

Carlos Alberto Pereira

Carlos Alberto PereiraEnófilo, Jornalista, Tecnólogo em Turismo e Hotelaria. Contato: [email protected] / 98412-6446

06/12/2019 06h00
Por: Redação

Nesta última semana li um artigo de um diário espanhol, que dizia que a AMAZON, gigante americana do comércio eletrônico, está entrando no mundo do vinho como produtor, e com marcas próprias. Até então, a plataforma, somente comercializava rótulos de terceiros em seu Marketplace. A surpresa é que ela agora, quer ter seus próprios vinhos. O mercado teste é a Alemanha, país que é um grande produtor e exportador de vinhos brancos e que vem nos últimos tempos se tornando em um grande importador de vinhos tintos.

Diz ainda, a matéria do periódico ibérico, que por enquanto somente os alemães poderão usufruir dos seis rótulos (de estreia), que a AMAZON irá disponibilizar.  São eles: um Merlot, um Chardonnay, um Grenaché, um Pinot Grigio, um Dornfelder e um vinho Riesling, com preços que variam entre € 15 e € 20. Todos sabemos, que a Alemanha é muito forte e tradicionalmente produtora de vinhos brancos, cuja fama é enorme, mas muito insignificante na produção de vinhos tintos. Então, ao ver a carta de vinhos da AMAZON, com um Merlot e Grenache (Francês) me surpreendi com a outra variedade tinta de nome DORNFELDER! Isto me chamou a atenção e me estimulou a pesquisar um pouco sobre casta. Agora quero compartilhar com vocês o resultado desta pesquisa. Já que por aqui, vinhos com esta uva, ainda são poucos conhecidos. Vamos a ela!

Origem

Esta uva tinta com nome bem diferente é uma homenagem a Immanuel Dornfeld, fundador da Weinbauschule Weinsberg (Escola do Vinho de Weinsberg, cidade alemã notória no mundo do vinho). Ela é uma espécie híbrida, criada em laboratório em 1955. O seu surgimento se deu a partir do cruzamento das uvas Helfensteiner e Heroldrebe e seu criador foi August Herold. Hoje a Dornfelder é a segunda uva tinta mais plantada em toda a Alemanha.

 

Onde se cultiva

A Alemanha é o principal país produtor dessa cepa, e do vinho elaborado a partir dela, principalmente nas regiões de Rheinhessen e Pfalz. Os vinhedos de Dornfelder,já  ocupam cerca de 8.200 hectares, o que corresponde a aproximadamente 8% da área dedicada ao cultivo da uva, no país. Embora a maioria das plantações de Dornfelder estão na Alemanha, esta casta pode ser encontrada em menores extensões, na Suíça, Inglaterra e República Tcheca. Fora da Europa, pode ser encontrada nos Estados Unidos (Califórnia, Nova York, Pensilvânia e Virgínia), Canadá (Vancouver); Japão (ilha de Hokkaido) e até no Brasil, no Rio Grande do Sul.

 

Características

É uma uva fácil de ser cultivada, se comparada com outras tintas alemãs, como as Spätburgunder (Pinot Noir), Portugieser ou Lemberger; tem melhor resistência à podridão, tem a pele escura e espessa; tem caules mais fortes; amadurece mais cedo e alcança maiores pesos de mosto, ou seja, níveis mais altos de álcool natural do que a maioria das variedades tintas existentes na Alemanha.

 

Outros nomes

Os únicos sinônimos conhecidos para Dornfelder são seus códigos de criação Weinsberg S 341 e We S 341. S para mudas e WE S para mudas de Weinsberg.

 

O vinho 

Os vinhos com uva Dornfelder na maioria das vezes, apresentam cores profundas e textura suave que proporciona uma agradável sensação na boca. São vinhos que entregam uma boa e equilibrada acidez, com toques de notas florais. Podem apresentar ainda frutas negras, como Amora e Cereja, mas a intensidade vai depender dos rendimentos da colheita. Com o envelhecimento no carvalho, os vinhos apresentam notas de especiarias, e revelam mais corpo e complexidade. A Dornfelder é bastante vista em vinhos de corte, principalmente ao lado da Spätburgunder (Pinot Noir), onde contribui para a complexidade de aromas e sabores e para a profundidade de cor.

 

Harmonização

A harmonização mais indicada para um vinho produzido com a Dornfelder é carne assada, ou queijos. Uma outra combinação muito interessante, para esse vinho, é com lasanha de berinjela, também conhecida como moussaka. Mas combina com chourizo (ou chouriça) um enchido preparado com carne, gordura e algumas vezes sangue de porco, muito típico da culinária portuguesa e espanhola.

 

Dica de Vinho

Vinho: Anselmann Trocken Q.B.A. Barrique Dornfelder

Vinícola: Anselmann

Tipo de Vinho: Tinto

País: Alemanha

Tamanho: 750ml

Uva: 100% Dornfelder

Região: Pfalz,

Teor alcoólico: 12,95%

Teor de açúcar: 1,8g/l

Visual: é um vinho escuro, profundo, com tonalidade violeta intensa.

Aroma: de amoras e ameixas, com notas de carvalho e baunilha.

Paladar: destaca-se por um sabor complexo. É redondo, volumoso e com muito bom equilíbrio entre o frutado e o carvalho. Tem taninos agradáveis e o gosto persiste na boca por bastante tempo.

Envelhecimento:  24 meses em barricas de carvalho francês.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários