Prefeitura - Carnaval
Abuso sexual

Criança de onze anos é estuprada em terreno baldio

O abuso sexual foi registrado no bairro Jardim Anatê

06/12/2019 06h00
Por: Redação
Acusado foi levado para a esclarecer os fatos - Foto: Divulgação
Acusado foi levado para a esclarecer os fatos - Foto: Divulgação

Uma criança de 11 anos foi vítima de estupro em um terreno baldio em Uberaba. Um homem suspeito de cometer o crime acabou detido pela Polícia Militar. 

O abuso sexual foi registrado no bairro Jardim Anatê, onde, segundo informações dos policiais militares da 40ª Companhia, eles receberam solicitações dos pais da menina de 11 anos e foram até uma residência na rua João Miguel de Faria. No local, eles conversaram com o casal e eles disseram que a menina saiu de casa e estava desaparecida há mais de duas horas. As equipes fizeram rastreamentos e encontraram a vítima em uma rua paralela chorando e bastante nervosa. 

A menina foi acalmada, conversou com os policiais e a mãe, e contou que foi até a porta da casa deixar o lixo, mas foi abordada por um suspeito que estava em um veículo GM Corsa de cor branca, com placas de Uberaba. Ela disse ainda que foi ameaçada pelo homem e obrigada a entrar no veículo. O acusado a levou para um terreno baldio nas proximidades. No imóvel, ele tirou as roupas da vítima, cometendo o ato sexual, se masturbando no corpo da vítima.  A menina foi levada para casa, onde, durante vistoria no corpo, a mãe encontrou esperma próximo à vagina dela. 

A vítima foi socorrida pelos policiais e encaminhada para o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC da UFTM) para passar por exames e tratamento médico. Os militares fizeram rastreamentos e encontraram o suspeito em uma residência nas proximidades. Ele foi preso e identificado como um homem de 34 anos. Ao ser questionado, ele alegou que tomou conhecimento sobre o desaparecimento da menina, mas negou ter cometido o estupro e disse que estava trabalhando o tempo todo. 

O suspeito foi preso em flagrante, levado para a delegacia e apresentado ao delegado de plantão Eduardo Alves. Após prestar depoimentos, o acusado foi liberado e o caso foi encaminhado para a Delegacia de Orientação e Proteção à Família, onde será investigado. (JC)

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias