PMU
Cláudio Humberto

Cláudio Humberto

Cláudio Humberto

Cláudio Humberto

Cláudio HumbertoCláudio Humberto Rosa e Silva é um jornalista brasileiro, colunista e editor-chefe do Diário do Poder, responsável pela ascensão de Fernando Collor de Mello no cenário político nacional. Sua coluna é reproduzida em jornais de todo o Brasil.

07/08/2019 06h00
Por: Redação

“Ter essa liberdade de fala é essencial”

Deputada estadual Janaína Paschoal, negando candidatura à prefeitura de São Paulo

 

Novo ‘herói anti-Bolsonaro’ é chave de cadeia

Por ter sido afastado das funções em Fernando de Noronha, José Martins da Silva Júnior, vulgo “Zé Martins”, foi vitimizado por setores da mídia e ambientalistas que se opõem a Jair Bolsonaro, mas não é flor que se cheire. Há sete anos, ele já acumulava 18 denúncias graves na Justiça, envolvendo crimes até de roubos e furtos, mas sempre foi prestigiado nos governos do PT. Porém, para alguns jornais, é o oceanógrafo “transferido contra sua vontade” para o sertão nordestino.

 

Invasão do alheio

Denúncia contra Zé Martins, investigada pela Polícia Federal, aponta até suposta invasão de casas em Noronha na ausência dos moradores.

 

ICMBio investiga

Auditoria do Instituto Chico Mendes (ICMBio) também investiga Zé Martins e sua ONG Golfinho Rotador. E o dinheiro público envolvido.

 

Atitude abusiva

Zé Martins, que agora virou “vítima”, é acusado de agir como se fosse um policial, aplicando abordagens e multas abusivas contra cidadãos.

 

Estranhas doações

Durante anos, até 2012, empresa de cruzeiros marítimos que parava em Noronha fazia “doações” anuais de R$50 mil à ONG de Zé Martins. 

 

Parlamentares ainda querem aumento salarial

Deputados e senadores ganham hoje R$33,7 mil, mesma remuneração anterior dos ministros do Supremo. Mas, como no STF ganha-se agora R$ 39,3 mil, eles querem o aumento “como manda a Constituição”, segundo alegam. Também lembram que não têm aumento desde 2014. Por isso, foi retomada a articulação para incluir a equiparação na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), com gastos do governo para 2020.

 

Acima da inflação

Os ministros do Supremo passaram a ganhar R$ 39,3 mil no fim do ano passado, um aumento de 16%. Procurador-geral da República também.

 

NOTA: 

Diferentemente do publicado no texto “MP aponta conluio e cartel da B3 no Detran-SP”, no dia 3 de agosto, o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) esclarece que o registro de contratos de financiamento de veículos segue estritamente o que prevê a legislação federal de trânsito. O procedimento é efetuado exclusivamente por meio de empresas registradoras de contratos devidamente credenciadas. Atualmente, 11 empresas estão credenciadas e atuam no sistema da livre concorrência. Outras 11 estão em processo de credenciamento - aberto durante todo o ano e disponível para empresas que atendam aos requisitos da legislação federal. As instituições credoras e financeiras podem escolher a empresa de sua preferência para a transmissão dos dados relativos aos contratos. Não cabe aos Detrans interferir em processo da esfera privada - há, inclusive, decisão do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo nesse sentido. Vale ressaltar, ainda, que o Detran.SP fez uma consulta sobre a situação atual desse segmento em São Paulo ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), órgão federal responsável por prevenir, fiscalizar e apurar abusos do poder econômico.

 

Imune a vigarices

A mais manhosa de todas as raposas políticas mineiras, José Maria Alkmin (PSD), certa vez foi abordado por um eleitor assim: “Sabe, deputado, minha mulher acaba de dar à luz e eu não tenho um tostão para pagar o médico nem para comprar umas roupinhas. Aí, eu pensei em procurar o senhor e...”

Alkmin interrompeu a conversa mole: “Meu filho, se você teve nove meses para se preparar e agora está desprevenido, imagine eu, que fiquei sabendo agora...”

Com André Brito e Tiago Vasconcelos

www.diariodopoder.com.br

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias