Banner prefeitura Covid
Saúde

Uberaba assume assistência em oncologia da macrorregião de Patos de Minas

A SRS de Patos de Minas atende 21 municípios

07/01/2020 06h00
Por: Redação
Secretário municipal de Saúde, Iraci Neto, diz que pacientes da macrorregião de Uberaba não serão afetados - Foto: Marco Aurélio/PMU
Secretário municipal de Saúde, Iraci Neto, diz que pacientes da macrorregião de Uberaba não serão afetados - Foto: Marco Aurélio/PMU

 

Maria das Graças Salvador

Toda a assistência relacionada à oncologia da região Noroeste de Minas Gerais, que faze parte da Superintendência Regional de Saúde de Patos de Minas, está sendo realizada no Hospital Hélio Angotti, em Uberaba, desde o início deste ano.

A reportagem do JORNAL DE UBERABA teve acesso a informação e ela foi confirmada, tanto pela Prefeitura de Uberaba quanto pela Superintendência Regional de Saúde de Uberaba. 

O superintendente Regional de Saúde de Uberaba, Maurício Ferreira, explicou que o hospital Hélio Angotti tem autonomia para vender o serviço, passando antes pela Secretaria Municipal de Saúde.

A reportagem entrou em contato com o secretário municipal de Saúde, Iraci Neto, que confirmou a informação. “Houve um contato no final de 2019 pela Subsecretaria de Ações e Políticas Públicas do Estado de Minas, na pessoa do subsecretário Marcelo Dias, solicitando uma análise para que Uberaba pudesse absolver uma demanda da macrorregião Noroeste, que inclui João Pinheiro, Unaí, Patos de Minas e região. Seria em torno de 150 pacientes que passariam a fazer o tratamento no Hélio Angotti, que é hospital de referência na área. Estas 150 pessoas são todos pacientes oncológicos, todos precisando ou de cirurgia, quimioterapia, radioterapia em virtude de uma desassistência naquela região”, observa Iraci Neto.

Ele diz que negociou com a subsecretaria e realizou todos os trâmites. “Fizemos o remanejamento dos recursos daquela região para o Fundo Municipal de Saúde de Uberaba, no qual está prevalecendo a partir de janeiro, para que possamos atender de forma emergencial estes pacientes daquela região, pensando primeiramente nos pacientes. Foi uma tratativa com o prestador [hospital Hélio Angotti], estive com o prestador, que se dispôs a realizar o atendimento, demonstrando que o HA tem capacidade instalada para atender a demanda”, revela o secretário.

Iraci Neto afirma que, com a sinalização positiva do prestador e nos da secretaria entendeu que o Hélio Angotti tinha capacidade de atender a demanda. “E pode atender a demanda sem comprometer nenhuma assistência para a região de Uberaba para estas especialidades de cirurgias, radioterapia, quimioterapia e atendimentos complementares, que são serviço de apoio e diagnóstico, recebendo o recurso da região, que são em torno de R$ 4.5 milhões no ano. Vimos que seria possível fazer e firmamos acordo e os trâmites dentro do sistema de remanejamento eletrônico de urgência, que está apto a partir de janeiro.”

A SRS de Patos de Minas atende 21 municípios:  Arapuá, Brasilândia de Minas, Carmo do Paranaíba, Cruzeiro da Fortaleza, Guarda-Mor, Guimarânia, João Pinheiro, Lagamar, Lagoa Formosa, Lagoa Grande, Matutina, Patos de Minas, Presidente Olegário, Rio Paranaíba, Santa Rosa da Serra, São Gonçalo do Abaeté, São Gotardo, Serra do Salitre, Tiros, Varjão de Minas e Vazante. A população total destes municípios é de 403.536 habitantes.

Vale destacar que em outubro do ano passado o hospital Hélio Angotti já realizou inúmeras cirurgias de pacientes de Patos de Minas.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários