Prefeitura- coronavírus
Mosaic
Artigo

Guido Bilharinho

Advogado em Uberaba e autor de livros de literatura, cinema, estudos brasileiros, História do Brasil e regional

Reflexões

ReflexõesArtigos diários

09/01/2020 06h00
Por: Redação

FILMES BRASILEIROS DOS ANOS 2000

Após oito livros sobre o cinema brasileiro, desde Cem Anos de Cinema Brasileiro (de 1997) e de obras referentes às realizações fílmicas das décadas da segunda metade do século XX e, ainda, sobre alguns de seus principais cineastas, todas em papel, e Obras-Primas do Cinema Brasileiro, eletrônico, atinge-se e analisa-se com o presente título, diversos filmes nacionais da primeira década do século XXI, aos quais se aduzem, em anexo, artigos sobre filmes anteriores a 1950 e, alguns posteriores, escritos após a edição dos livros referentes às respectivas décadas.

Acompanhando fenômeno geral ocorrente também na cinematografia mundial, o nível qualitativo da produção fílmica-brasileira contemporânea não só decresceu como, ainda, suas poucas obras realmente de valor estão praticamente alijadas dos meios de exibição, tal a ocupação de espaço e absoluta predominância de suportes ou aparatos de divulgação cinematográfica apenas de entretenimento, com exclusão sistemática e deliberada dos filmes de valor artístico-cultural.

Daí que se torna cada vez mais difícil, quando não impraticável, não só a realização de obras de significação cultural, como também o acesso a essa produção, restringindo, quando não inviabilizando, em decorrência, a atividade crítica-analítica, pelo que, atualmente, tem-se na imprensa não mais crítica, mas, simples jornalismo cinematográfico.

No bojo e entranhas desse generalizado fenômeno alienante também diminuiu consideravelmente, quase desparecendo, o interesse pelo cinema e por seu estudo como manifestação autoral e artístico-cultural.

Contudo, acredita-se que essa situação assemelhe-se à transitória acomodação de placas tectônicas que, após concluída, retorna à normalidade, devendo, pois, ressurgir oportunamente no campo intelectual, após as atuais estremeção e diluição, o interesse e a valorização do saber, do conhecimento e da cultura independentemente de sua direta e restrita utilidade prática.

Nessa expectativa, prossegue a editoração eletrônica da coleção “Ensaios de Crítica Cinematográfica”, editada em Uberaba desde 1999, com o presente lançamento no blog https://guidobilharinho.blogspot.com/.

 

Guido Bilharinho é advogado em Uberaba e autor de livros de literatura, cinema, estudos brasileiros, História do Brasil e regional editados em papel e, desde setembro/2017, um livro por mês no blog https://guidobilharinho.blogspot.com.br/