Tempo

Uberaba já acumulou 266 milímetros de chuva em janeiro

O esperado para o mês inteiro era de 202 milímetros

14/01/2020 06h00
Por: Redação

A semana começou com fortes chuvas em diversos pontos de Uberaba nesta segunda-feira (13). De acordo com informações da Defesa Civil, a chuva concentrou-se principalmente na região do bairro Abadia. Na avenida Prudente de Moraes teve alagamento em um ponto mais baixo da via, segundo o coordenador da Defesa Civil, Evaldo Faquinelli dos Reis, mas o escoamento foi rápido. Em 60 minutos choveram – segundo ele - 51 milímetros acumulando 266 milímetros nestes primeiros 13 dias de janeiro. 

Faquineli conta que o esperado para o mês inteiro era de 202 milímetros e orienta a população a ficar atenta independentemente de morar em áreas de risco ou não. “São chuvas fortes e em pouco prazo. Está vindo muito rápido, o que resulta em alagamentos. Ainda temos previsão de chuvas de terça à sexta-feira, e considerando as chuvas dos últimos dias, as pessoas devem ficar atentas”, pontua. Ele alerta para que as pessoas mantenham documentos e objetos de valor dentro de saco plástico bem fechado e mantenha-os em lugar alto e seguro; desconecte os aparelhos elétricos da corrente elétrica para evitar curtos-circuitos; coloque o lixo na rua nos dias e horários corretos e havendo possibilidade de chuvas fortes, não o coloque. “O lixo deixado nas ruas, entope os bueiros e bocas de lobo, favorecendo alagamentos”, destaca Faquineli.

 

Orientações - Antes do período das chuvas é fundamental a limpeza de telhados e calhas, ralos, esgotos, galerias, valas, bem como a retirada de entulhos dos quintais, áreas, becos e ruas e reforço/escore para árvores, muros e paredes com risco de queda. Para os moradores de áreas de risco ou escorregamento de talude (barranco) a orientação é para que deixem o local imediatamente ao menor sinal de trincas e rachaduras nas paredes da residência. Caso perceba árvores, postes e muros se inclinando no barranco ou encosta próximo da residência, ela deve ser desocupada o mais rápido possível e o cidadão protegido em lugar seguro. 

A Defesa Civil observa que não devem ser plantados pés de bananeiras nos taludes porque eles acumulam muita água aumentando o risco de deslizamentos. Em caso de emergência o cidadão deve ligar nos telefones da Policia Militar, 190; Corpo de Bombeiros, 193; e Defesa Civil, 199.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários