Banner prefeitura Covid
Futebol

Primeiro Mundial de Clubes do Corinthians completa 20 anos

Há 20 anos, o Timão vencia o Vasco, nos pênaltis, no Maracanã

15/01/2020 06h00
Por: Redação
Corinthians venceu o Vasco nos pênaltis no Maracanã - Foto: Alexandre Battibugli/Corinthians
Corinthians venceu o Vasco nos pênaltis no Maracanã - Foto: Alexandre Battibugli/Corinthians

14 de janeiro de 2000. A data ficou marcada na história do Corinthians como a primeira grande conquista do clube em âmbito internacional. Neste dia, há 20 anos, o Timão vencia o Vasco, nos pênaltis, no Maracanã, e levantava a taça de campeão do mundo.

O Corinthians chegou à competição depois de vencer o Campeonato Brasileiro de 1999. Como o Mundial de Clubes do ano seguinte foi realizado no Brasil, o time do Parque São Jorge participou do torneio intercontinental representando o país sede.

A estreia do Corinthians no Mundial foi contra o Raja Casablanca, do Marrocos, no Estádio do Morumbi. 23 mil torcedores acompanharam a vitória por 2 a 0 do Timão, que terminou a primeira etapa sem marcar gols. No segundo tempo, Luizão completou cruzamento da direita e abriu o placar. Na sequência, Fábio Luciano aproveitou rebote e sacramentou o triunfo.

Logo em seguida, em um jogo extremamente equilibrado, o Corinthians ficou em um empate por 2 a 2 com o Real Madrid, novamente no Morumbi, dessa vez com 55 mil torcedores na arquibancada. Anelka abriu o placar, porém Edílson deixou tudo igual minutos depois. Na segunda etapa, o Capetinha fez grande jogada, entortanto Karembeu, e colocou o Timão na frente. No entanto, Anelka voltou a marcar para os espanhóis e o jogo terminou empatado.

No último jogo da fase de grupos, o Corinthians reencontrou o caminho da vitória, dessa vez contra o Al Nassr, da Arábia Saudita. O Timão contou com um golaço de Ricardinho e um tento de Rincón para bater o adversário por 2 a 0 no Morumbi.

Assim, o Corinthians conseguiu a classificação para a grande final. Apesar de ter a mesma pontuação do Real Madrid no grupo A, o Alvinegro terminou a primeira fase com um saldo de gols maior do que o dos merengues (quatro contra três).

Do outro lado, o Timão teria pela frente o Vasco, que terminou a fase de grupos com 100% de aproveitamento. O Cruz-Maltino derrotou o South Melbourne, da Austrália, o Manchester United e o Necaxa, do México. Assim, os dois times brasileiros se enfrentaram no Maracanã para a final do Mundial de Clubes.

O Corinthians entrou em campo com a seguinte escalação: Dida, Índio, Adílson, Fábio Luciano, Kléber, Rincón, Vampeta, Marcelinho Carioca, Ricardinho, Edílson e Luizão. No banco, Oswaldo de Oliveira comandou o Alvinegro.

O tempo regulamentar não contou com grandes chances de gol w o jogo foi para as penalidades, com Rincón, Fernando Baiano, Luizão e Edu marcaram para o Corinthians, enquanto Romário, Alex Oliveira e Viola fizeram para o Vasco. Dida caiu no canto direito e defendeu cobrança de Gilberto. Na sequência, Marcelinho Carioca parou em Hélton e o Vasco teve a oportunidade de levar para os alternados. No entanto, Edmundo bateu para fora e o Corinthians garantiu o título.

O capitão Freddy Rincón ficou eternizado ao levantar a taça do Mundial de Clubes no Maracanã, rodeado pelos 73 mil torcedores que acompanharam a partida e a primeira vez que o Corinthians conquistou o mundo.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários